Estudantes do curso técnico em Modelagem do Vestuário da Univates produzem peças de roupa para animais em situação de abrigo

A APAAM de Arroio do Meio foi o abrigo escolhido para receber as roupinhas


0

Em resposta às cheias que recentemente atingiram o Rio Grande do Sul, os alunos do curso técnico em Modelagem do Vestuário da Univates encontraram uma forma solidária de contribuir com a comunidade. Buscando ajudar tanto uma entidade quanto incentivar a adoção de animais, os estudantes realizaram um mutirão, entre os dias 15 e 25 de junho, para confeccionar peças de roupas para pets. Foram produzidas 141 peças, entre mantinhas, bandanas e roupinhas, que serão entregues, no sábado (6), para uma organização não governamental dedicada à proteção animal.

A iniciativa de confeccionar as peças surgiu entre os alunos da disciplina Desenvolvimento de Protótipo de Moda, ministrada pela professora e coordenadora do curso, Júlia Rosa.

“A situação de calamidade e as dificuldades de locomoção apresentaram um grande desafio para o curso. Foi necessário reavaliar os cronogramas de aula e surgiu o sentimento de querer ajudar. Transformamos uma disciplina que seria experimental em um projeto concreto”, explicou.

Segundo a professora, após um levantamento de informações e pesquisa, a turma descobriu que a necessidade de roupas para humanos estava sendo suprida, que inclusive haviam sobras de roupas que iriam para descarte nos abrigos. Enquanto isso, havia uma demanda crescente por ajuda aos animais em abrigos, cujos casos de abandono aumentaram drasticamente.

A partir dessa pesquisa, os alunos decidiram focar nos pets. A turma, composta por 11 alunos, liderou a iniciativa, levantando doações e informações necessárias. Mas o convite foi estendido também a todos os alunos do curso e inclusive para as pessoas da comunidade, como amigos e familiares, que participaram do mutirão.

Foto: Divulgação

Os materiais utilizados para confeccionar as roupinhas vieram do próprio curso, de retalhos e peças descartados dos abrigos e de doações de empresas. A Associação de Proteção aos Animais Arroio-meenses (APAAM), de Arroio do Meio, foi o abrigo escolhido para receber as roupinhas.

As roupinhas serão doadas para a ONG, que vai comercializar essas peças em suas feiras de arrecadação de fundos para a construção de uma nova sede. Também serão feitas fotos dos animais da ONG para uma campanha de adoção e como forma de mostrar os looks que, em breve, estarão à venda.

“Nosso objetivo é auxiliar a ONG em sua campanha de arrecadação de fundos para a construção da nova sede. Todas as roupinhas foram desenvolvidas pelos alunos do curso e terão etiquetas e tags com recados especiais às pessoas que adquirirem as peças”, concluiu Julia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui