“Eu ando de all star e quando precisa a gente também põe o salto”, afirma Paula Thomas

Vereadora faz parte do seleto grupo de mulheres que conquistaram uma cadeira no legislativo lajeadense


0
Paula Thomas conversa com Aline Silva no Papos de Mulher deste sábado (Foto: Fernanda Kochhann)

O Papos de Mulher deste sábado (9) recebeu a relações públicas, empresária e vereadora Paula Thomas. Ela fala de quem é, como se enxerga, seus objetivos, desfios que enfrenta e as experiências que vivencia.

Paula conta que desde cedo esteve ligada a muitas frentes na comunidade e ao longo do tempo percebeu que sempre ocupou espaços de representatividade, seja na escola, no esporte, nas gincanas, no voluntariado ou na faculdade e que, não necessariamente, estavam ligados à política. “É da minha personalidade e acabo convivendo com pessoas com personalidades parecidas e a gente acaba entrando em várias frentes: agora na política, na parte de eventos, na parte de comunicação. É o perfil da relações públicas”, ressalta a vereadora.

Todas essas atividades fizeram com que Paula aceitasse o convite para concorrer ao cargo de vereadora nas eleições de 2020. Na época, a candidata obteve votos em todos os bairros de Lajeado e totalizou 997 indicações dos eleitores. Ela destaca que tinha pouca rejeição “as pessoas não viam em mim um problema e, sim, muitas vezes, uma solução”.

Na história, Lajeado teve apenas uma prefeita, sete vereadoras e, atualmente, uma vice-prefeita. Paula reforça a minoria na representatividade feminina e, por isso, defende que “mulher tem que votar em mulher”, desde que a representante mostre seu desejo em querer estar na política.

Vereadora Paula Thomas (Foto: Fernanda Kochhann)

Paula explica que seu desejo é que todos tenham representação igualitária e que as mulheres possam mostrar suas diversas faces: “Eu ando de all star e quando precisa a gente também põe o salto”.

A vereadora acredita ser cedo para falar em reeleição. Seu objetivo é completar o mandato e ajudar a comunidade.

Paula afirma que uma reeleição pode ocorrer, “mas não mais que isso”, pois considera necessária a renovação de ideias nos cargos públicos.


Papos com quem sabe

A edição deste sábado (9) do quadro “Papos com que sabe” é com Joanna Moraes, fonoaudióloga e consultora em amamentação. Ela comenta a inauguração do primeiro consultório de amamentação do Vale do Taquari.

ouça o Áudio

 


Estilo, com Douglas Petry

Na coluna “Estilo”, o jornalista e consultor de moda e estilo pessoal Douglas Petry aborda assuntos relacionados aos looks e ao mercado da beleza.

Na edição de hoje, ele dá dicas sobre as compras em liquidações de inverno.

ouça o áudio

 


 

Na Cozinha: cinco curiosidades sobre a pizza

com Daniel Bortolini

Foto: Freepik

ouça o áudio

 


  •  Salerno, na Itália, tem a pizza mais cara do mundo. Ela é preparada por chefs em sua própria casa. Tem entre os ingredientes três tipos de caviar, lagosta da Noruega, queijo mussarela de búfala e grãos de sal marinho australiano rosa do rio Murray. Valor de 12 mil dólares.
  • A origem da pizza é desconhecida. Mas nos tempos antigos gregos e egípcios já cozinhavam uma pizza como pão achatado e cobriam com azeite e especiarias. A pizza moderna, como a conhecemos, evoluiu em Nápoles, na Itália, quando o tomate foi adicionado na receita no final do século 18.
  • Ao redor do mundo, a cobertura de pizza mais popular e pedida nos restaurantes é a de Pepperoni.
  • Foi a Segunda Guerra Mundial que ajudou para que a pizza fosse espalhada pelo mundo. Até então, a pizza era apreciada principalmente pelos imigrantes italianos em suas comunidades locais. Durante a ocupação da Itália, as tropas aliadas começaram a comer alimentos locais para complementar seus alimentos que às vezes acabavam. E os soldados levaram para suas origens a pizza.
  • Os americanos comem cerca de 350 fatias de pizza a cada segundo. Além disso, 93% dos americanos comem pizza pelo menos uma vez por mês.

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui