EUA darão mais armas para Ucrânia lutar contra a Rússia, diz conselheiro de Segurança Nacional

Conselheiro Jake Sullivan ressaltou neste domingo (10) que o governo Biden dará assistência militar para impedir que a Rússia tome mais território e deixe civis alvejados


0
EUA afirmam que fornecerão mais armas para Ucrânia (Foto: REUTERS/Gleb Garanich)

Os Estados Unidos estão comprometidos em fornecer para a Ucrânia as armas necessárias para o país se defender contra a Rússia, disse o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, neste domingo (10), enquanto a Ucrânia busca mais ajuda militar do Ocidente.

Sullivan disse que o governo Biden enviará mais armas para impedir que a Rússia tome mais território e alveje civis, ataques que Washington classificou como crimes de guerra.

“Vamos dar à Ucrânia as armas necessárias para derrotar os russos e impedi-los de tomar mais cidades e vilas onde cometem esses crimes”, disse Sullivan no programa “This Week” da ABC News.

Moscou rejeitou as acusações de crimes de guerra da Ucrânia e de países ocidentais.

Sullivan disse ainda, no “Meet the Press” da NBC News, que os Estados Unidos estavam “trabalhando dia e noite para entregar as próprias armas e organizando e coordenando a entrega de armas de muitos outros países”.

“Armas estão chegando todos os dias, inclusive hoje”, afirmou.

Assistência militar

Os Estados Unidos já enviaram US$ 1,7 bilhão em assistência militar à Ucrânia desde que a Rússia lançou sua invasão em 24 de fevereiro, informou a Casa Branca na semana passada.

As remessas de armas incluíram mísseis antiaéreos defensivos Stinger e mísseis antitanque Javelin, bem como munições e armaduras.

Mas os líderes dos EUA e da Europa estão sendo pressionados pelo presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a fornecer armas e equipamentos mais pesados ​​para engajar a Rússia na região leste do país, onde a Rússia deve intensificar seus esforços militares.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui