EUA: Miami Beach inicia toque de recolher para evitar violência no ‘Spring Break’

Decisão foi tomada após dois tiroteios que deixaram cinco feridos no fim de semana passado na cidade da Flórida


0
Foto: AFP

Miami Beach iniciou na quinta-feira um toque de recolher noturno, sem incidentes, para evitar episódios de violência durante o “Spring Break”, as férias de primavera nos Estados Unidos, uma decisão tomada após dois tiroteios que deixaram cinco feridos no fim de semana passado na cidade da Flórida.

Durante a tarde, a área mais movimentada da localidade, incluindo a famosa Ocean Drive, já registrou um ambiente muito diferente do habitual nesta época do ano, quando milhares de jovens viajam ao sul da Flórida.

Poucos turistas caminharam pelas ruas de South Beach, o bairro mais visitado da cidade, na quinta-feira. Às 23H59, momento do início do toque de recolher que prossegue até 6H00, a polícia percorreu Ocean Drive para pedir que as poucas pessoas no local retornassem para casa.

A medida, que afeta o coração de South Beach, será aplicada até a manhã de segunda-feira. Este é o segundo ano consecutivo que a cidade recorre a um toque de recolher para frear episódios violentos durante o “Spring Break”. Em 2021, o município tomou a decisão depois da detenção de mais de 1.000 pessoas por distúrbios. As autoridades locais aprovaram na terça-feira o toque de recolher noturno após os distúrbios.

As autoridades locais aprovaram na terça-feira o toque de recolher noturno após os distúrbios do fim de semana. E na quarta-feira adicionaram uma proibição de venda de bebidas alcoólicas nas lojas e supermercados da área mais visitada a partir das 18H00 e até o horário de abertura no dia seguinte.

O anúncio do toque de recolher provocou algumas críticas, como a de Stephen Hunter Johnson, membro do Conselho Consultivo de Assuntos Afro-Americanos do Condado de Miami-Dade.

Ele acusou as autoridades de mirar Miami Beach por ser um local de reunião de muitos afro-americanos.

John Lee, 27 anos, morador da região, também fez críticas. “Eu não acho que aconteça nada de espetacular aqui. Essas coisas (incidentes) acontecem em todo o mundo, todos os dias”, disse. De acordo com a polícia local, 100 armas de fogo foram apreendidas e 620 pessoas foram detidas desde 18 de fevereiro na cidade. Mais de 50% dos detidos eram moradores do condado de Miami-Dade, onde fica Miami Beach.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui