Evangélicos cobram que Kassio Marques, indicado por Bolsonaro ao STF, se declare ‘conservador’

Eles querem que Marques se manifeste sobre temas como aborto, casamento homossexual e jogos de azar.


0
Foto: Divulgação / OAB

Insatisfeitos com a indicação de Kassio Marques ao Supremo Tribunal Federal (STF), evangélicos alinhados ao governo cobram do presidente Jair Bolsonaro — e do desembargador — um posicionamento claro sobre pautas conservadoras. Eles querem que Marques se manifeste sobre temas sensíveis para o grupo, como aborto, casamento homossexual e jogos de azar.

Apesar de se dizer um dos mais “ardorosos” defensores de Bolsonaro, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, chamou a indicação como “absurda” e “vergonhosa”. “É uma decepção geral. O senhor (Bolsonaro) está colocando um camarada que atende o centrão, o PT e a esquerda”, afirmou, em vídeo.

A indicação deu início a uma rede de intrigas no Supremo. A atuação de Gilmar Mendes e Dias Toffoli na chancela junto a Bolsonaro do nome de Kassio Marques foi vista como uma tentativa de esvaziar o presidente da Corte, Luiz Fux. Ele, porém, afirmou a interlocutores que não buscou se envolver no processo para “não dever favores”.

No Senado, a sabatina só deve acontecer após a aposentadoria de Celso de Mello da Suprema Corte, no dia 13 de outubro.

Fonte: O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui