Evento marca o Dia Nacional da Luta Antimanicomial em Estrela

De acordo com a psicóloga Mariana Mazzarino, a data serve também para comemorar os avanços na área da saúde mental.


0
Foto: Kainan Oliveira

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial, comemorado em 18 de maio, será marcado por atividades especiais em Estrela. Estarão envolvidos profissionais da saúde e da rede de serviços, usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e das oficinas, familiares e grupos da Atenção Básica.

Segundo a psicóloga Mariana Mazzarino, a data serve para além de tudo, para comemorar os avanços nas áreas psicológica e psiquiátrica.

A data foi instituída em 1987 na cidade de Bauru/SP, durante o Congresso de Trabalhadores de Serviços de Saúde Mental. Deu visibilidade ao Movimento da Luta Antimanicomial, adotando o lema “Por uma sociedade sem manicômios” e marcou o início de uma nova trajetória da proposta de Reforma Psiquiátrica Brasileira. O movimento propõe não somente mudanças no cenário da Atenção à Saúde Mental, mas questionar as relações de estigma e exclusão que se estabeleceram para as pessoas que vivem e convivem com os “transtornos mentais”.


ouça a entrevista


Ela explica que a programação se inicia às 8h30min, com concentração em frente ao Caps, na Rua 13 de Maio. Do local os participantes seguem em caminhada pelas ruas centrais da cidade, passando pela Júlio de Castilhos, Marechal Floriano, Fernando Abott (calçadão) e 13 de Maio, encerrando na Praça Menna Barreto. Depois haverá apresentação do Coral do Caps e exposição de artesanatos confeccionados nas oficinas terapêuticas.

Mariana frisa ainda a necessidade da comunidade compreender a importância dessa área para a saúde humana. Além disso, destaca o trabalho do Caps e dos profissionais que se envolvem na área.

Em caso de chuva, a programação será transferida para o ginásio de esportes da Sociedade Ginástica Estrela (Soges). KO/AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui