Eventos fortalecem o ecossistema de inovação do Vale do Taquari

Startup é um modelo de negócio escalável, repetível e que se mantém em um ambiente de extrema incerteza, explica o presidente da Associação Gaúcha de Startups (AGS) Bruno Bastos


0
presidente da Associação Gaúcha de Startups (AGS) Bruno Bastos (Foto: Tiago Silva)

O Vale do Taquari tem se movimentado para fortalecer o seu ecossistema de inovação. Para isso o coletivo de empreendedores Taquari Valley realiza uma série de ações que visam educar e construir esse movimento na região. E nesse sentido ocorre nesta terça-feira (14), às 18h30, o primeiro pré-evento do Startup Weekend no Sebrae Lajeado.

O modelo de negócios que movimenta essa nova economia é chamado de startup. O presidente da Associação Gaúcha de Startups (AGS) Bruno Bastos explica que trata-se de uma organização temporária e que tem como objetivo gerar um produto ou serviço inovador. “A gente tem algumas características que simbolizam bem uma startup. O modelo de negócio tem de ser escalável, repetível e que isso se mantenha em um ambiente de extrema incerteza”, cita.

Bastos acrescenta que muitos aplicativos nos smartphones nasceram de startups e se tornaram empresas quando se transformaram em um modelo de negócio lucrativo. “Quando a gente fala de empreendedorismo, startup não é a única forma de empreender, é mais uma forma”, completa.

O diretor de investimentos da AGS Alexandre Caputo explica que a captação de investimentos é fundamental para o desenvolvimento de uma startup. “O empreendedor da inovação tem uma ideia, que soluciona um problema de mercado, e para validar essa ideia muitas vezes é necessário investimento externo, ou seja, através de um investidor privado ou profissional. Esse investimento ocorre através de uma troca de participação societária. O investidor está assumindo um risco de que ele pode perder esse dinheiro ou ele pode ganhar muito dinheiro. Um exemplo é um investidor anjo, que entra numa fase bastante inicial da startup, onde ela recém está validando o seu modelo de negócio e conquistando os primeiros clientes. Aquele investidor assume um risco podendo receber 20 ou 100 vezes aquele valor investido”, explica.

No Vale do Taquari esse movimento já exite há sete anos, de acordo um dos idealizadores do coletivo Rodrigo Oliveira. “O Taquari Valley surgiu em 2015 e desde então a gente vem abordando esses temas. Em Lajeado temos o Promove que foi reconhecido nacionalmente como um ambiente em desenvolvimento na inovação e isso acaba sendo um reconhecimento. Isso significa que o ecossistema está se desenvolvendo”, destaca.

A AGS estima que existam cerca de 1 mil startups no Rio Grande do Sul e 100 no Vale do Taquari. As organizações da região estão voltadas principalmente para área da saúde e de alimentos. Interessados em buscar mais informações sobre o ecossistema de inovação podem acompanhar as páginas do Instagram dos movimentos locais e estadual: @taquarivalley, @somosags, @promove.lajeado

Eventos

Inovação em negócios na área da saúde
Convidados: Eduardo Della Giustina da Health ID e Eros Carrasco da Makadu
Quando: 14/06
Onde: Sebrae Lajeado
Inscrições: https://www.sympla.com.br/inovacao-em-negocios-da-area-da-saude__1600056
Startup Weekend
Quando: 23/09 a 25/09
Onde: Vibee Unimed
Inscrições: https://event.techstars.com/event/dqNqxJBevP

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui