Ex-líder de grupo armado palestino foge de prisão em Israel

Ele e outros cinco detentos do grupo Jihad Islâmica cavaram um túnel sob uma pia da cela por meses e conseguiram fugir


0
Foto: EPA / Ansa

O ex-líder do grupo armado Brigadas dos Mártires de Al Aqsa, Zakaria Zubeidi, e outros cinco palestinos fugiram da prisão israelense de Gilboa no fim da noite deste domingo (5), informou o governo de Israel na madrugada desta segunda-feira (6).

Eles cavaram um túnel sob uma pia da cela por meses e conseguiram fugir. Há a desconfiança de que eles tenham fugido para a Cisjordânia, mas as operações de busca com Exército e o serviço de segurança interna continuam tanto por terra como por ar, com drones e helicópteros.

A fuga foi percebida apenas de madrugada, por volta das 3h, e estima-se que ela tenha ocorrido por volta das 21h do domingo.

Zubeidi foi preso após liderar um atentado em 2002, que resultou na morte de seis israelenses. Já os demais fugitivos são membros do grupo Jihad Islâmica.

Enquanto o governo israelense classifica os seis fugitivos como “terroristas”, os palestinos comemoraram a fuga “heroica”. “O retorno à liberdade dos seis prisioneiros mesmo com todas as medidas de segurança representa um ato de heroísmo. É um sucesso para todos os presos palestinos e um desafio lançado aos sistemas de segurança israelenses”, disse um dos porta-vozes do grupo Hamas, Fawzi Barhum.

Já o premiê israelense, Naftali Bennett, classificou a situação como “um fato sério” e disse que conversou com ministros sobre o caso. “É preciso um esforço complexo e total por parte de todas as forças de segurança”, acrescentou ainda ao falar sobre a captura.

Fonte: Portal Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui