Ex-presidente Nicolas Sarkozy fura fila da vacina contra Covid-19 na França

Político de 66 anos passou à frente de franceses com mais de 75 anos, profissionais da saúde e pessoas com comorbidades, que são o público-alvo desta primeira fase da imunização.


0

A revelação foi feita pela revista “L’Express” e é destaque em toda a imprensa francesa nesta quinta-feira (18). O ex-presidente Nicolas Sarkozy, de 66 anos, tomou a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus em janeiro, no Hospital Militar de Percy, em Clamart, na periferia oeste de Paris.

O ex-presidente conservador, que tem criticado com frequência a estratégia de vacinação do governo de Emmanuel Macron, passou na frente de muitas pessoas prioritárias que ainda aguardam na fila a preciosa injeção. Até agora, apenas os franceses com mais de 75 anos, profissionais da saúde e pessoas com comorbidades podem ser vacinados na França.

A equipe do ex-presidente, procurada pela “L’Express”, não quis comentar o caso. Os ex-chefes de Estado não são considerados prioritários e François Hollande, que também tem 66 anos, ainda não recebeu a vacina, ressalta a imprensa.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui