Exército montará barracas para bombeiros trabalharem 24 horas na busca por desaparecidos em incêndio

Quatro equipes diferentes fazem o trabalho no local para debelar o incêndio e realizar as buscas aos bombeiros desaparecidos


0
Foto: Divulgação

O vice-governador do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, e a cúpula do Corpo de Bombeiros Militar do Estado revelaram na manhã desta sexta-feira que trabalham para que as buscas aos dois servidores desaparecidos sejam realizadas 24 horas por dia na sede da Secretaria da Segurança Pública, que pegou fogo na quarta-feira. Para isso, o Estado receberá o apoio do Exército, da Brigada Militar e de batalhões do interior do Estado.

Além de terminar com os focos localizados que ainda persistem na estrutura colapsada, o objetivo é encontrar o 1º tenente Deroci de Almeida da Costa e o 2º sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, desaparecidos desde a noite de quarta-feira. “O Exército irá montar barracas de campanha no pátio para que as equipes possam dormir no local e seguir o trabalho 24 horas por dia. A Brigada Militar também cedeu um ônibus que serve de refeitório para que seja utilizado por todos que estão aqui trabalhando”, revelou o vice-governador.

O comandante-geral dos Bombeiros, coronel César Eduardo Bonfanti, e o comandante do 1º batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, Eduardo Estêvam Rodrigues, que comanda operacionalmente a ação, informaram como a corporação está planejando manter o trabalho sem paralisações. “Temos aqui para fazer a manutenção da ação em 24 estamos com uma equipe que variam entre 50 e 60 pessoas. Essas equipes estão sendo revezadas com as chamadas forças de respostas rápidas, que são células operacionais que vem do interior para fazer o revezamento e fazer que se torne contínuo o serviço de buscas e resgate na edificação”, revelou o comandante Rodrigues.

Quatro equipes diferentes fazem o trabalho no local para debelar o incêndio e realizar as buscas aos bombeiros desaparecidos. “Uma é de combate o incêndio, pois ainda temos focos e pontos que necessitam de rescaldo. Temos uma de resgate e salvamento, que faz as buscas superficialmente. Equipe de busca e resgate em estruturas colapsadas, que fazem a busca na estrutura onde temos possíveis espaços vitais. Além da equipe de busca e resgate com cães”, completou Eduardo Rodrigues.

O vice-governador revelou que irá visitar nesta sexta-feira que podem servir para a instalação da Secretaria Estadual da Segurança Pública até a definição da construção de um novo prédio ou de forma definitiva. Ranolfo Vieira Júnior acredita que a decisão deve ocorrer até segunda-feira. Todos os serviços afetados pelo incêndio voltaram a funcionar menos de 24 horas depois do incêndio.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui