Fábrica da GM em Gravataí vai suspender a produção de veículos por duas semanas, devido à falta de peças

Decisão inclui suspensão das jornadas de sábado, corte de horas-extras e férias coletivas em março.


0
Foto: Divulgação

Motors (GM) decidiu reduzir o seu ritmo de produção de veículos no Brasil, inclusive na unidade gaúcha, em Gravataí (Região Metropolitana de Porto Alegre), que tem aproximadamente 5 mil trabalhadores. A decisão deve abranger a suspensão das jornadas aos sábados, o corte de horas-extras e a concessão de pelo menos duas semanas de férias coletivas em março.

Ainda não há uma manifestação oficial por parte da empresa no que se refere ao assunto. Mas esse plano de readequação no curto prazo já foi informado ao Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (Sinmgra), que não descarta a hipótese de prorrogação do afastamento por três semanas. Medidas semelhantes têm sido adotadas na filial de São José dos Campos (SP).

O Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (Ciag) é responsável pela produção do automóvel Chevrolete Onyx. Realizada em dois turnos diários, a montagem tem sido afetada por déficits na reposição de itens como pneus, peças de plástico, aço e vidro, que apresentam os mais baixos níveis de estoque na história recente, em um cenário no qual a crise causada pela pandemia de coronavírus chegou a interromper atividades no primeiro semestre de 2020.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui