Fábrica de calçados de Cruzeiro do Sul demite cerca de 50 funcionários sem realizar pagamento

Revoltados, grupo organiza manifestação em frente à empresa nesta quinta-feira


0
Legenda: Andréia Schaigert trabalhava na empresa há seis anos e Júlia de Quadros há quatro anos (Foto: Caroline Silva)

Nas últimas duas semanas, cerca de 50 funcionários foram demitidos da empresa Única Calçados, de Cruzeiro do Sul. Revoltados, os ex-colaboradores criaram um grupo no WhatsApp. Eles dizem que a empresa não fez o acerto financeiro demissional.

Andréia Schaigert trabalhava na empresa há seis anos e foi demitida nesta semana. Na quarta-feira (24) ela disse que foi receber o valor que teria direito, mas voltou para casa sem nada. “Chegando lá só tinha papel e nos aconselharam a entrar na justiça que daqui a 30, 40 dias teria audiência, e se eu abrisse mão do meu fundo de garantia receberia, caso contrário, não. Além de ficar sem emprego, não recebemos nem um real”, conta.

Quem também foi demitida foi Júlia de Quadros, ela atuava na empresa de calçados há quatro anos e foi surpreendida. “A gente foi surpreendido, é lamentável. Eu tenho marido que me ajuda, mas muitos que ficaram desempregados não tem ninguém para ajudar”, comenta.

O grupo realizará uma manifestação em frente à empresa na tarde desta quinta-feira (25) para cobrar respostas da fábrica.

Texto: Caroline Silva