Fachin derruba sigilo da delação premiada de João Santana e Mônica Moura


0
Foto: Geraldo Bubniak

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou a retirada do sigilo das delações premiadas do casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura.

Os dois são investigados por indícios de terem recebido dinheiro de caixa 2 por trabalhos em campanhas eleitorais.

O ministro também retirou o sigilo da delação de André Luis Reis Santana, funcionário do casal. Apesar da retirada do sigilo, o documento com as delações ainda não foi disponibilizado no sistema do STF.

Moura e Santana atuaram nas campanhas de Luiz Inácio Lula da Silva (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014). O casal foi preso em fevereiro do ano passado e solto em agosto.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui