Família cruzeirense busca reconstrução após incêndio atingir residência no interior do município

“Móveis eu não vou dizer que não estamos aceitando, mas, no momento, não temos nem lugar para colocar”, conta Marlon Klein


0

Uma residência da localidade de São Gabriel, no interior de Cruzeiro do Sul, foi atingida por um incêndio no final da tarde deste sábado (10). O fogo destruiu parcialmente a estrutura da casa de aproximadamente 100 m², localizada na rua Frederico Germano Haenssgen.

No momento em que as chamas começaram, a família estava em uma chácara, na localidade de Picada Aurora, e recebeu a ligação dos vizinhos, que informaram sobre o ocorrido. “Eu entrei no carro e vim pra cá. Quando cheguei, de longe já vi a fumaça se espalhando no céu. Aí me apavorei, achei que já tivesse queimado tudo. Até queria entrar, mas não me deixaram porque o risco era muito grande”, lembra Marlon Klein, filho dos proprietários.


ouça a reportagem

 


 

O incêndio atingiu a sala, três quartos, o banheiro e boa parte do telhado da casa, destruindo móveis e roupas. O carro que estava na garagem e os poucos pertences salvos, vizinhos retiraram antes ainda da chegada da família e dos bombeiros. Entre os bens perdidos estão os instrumentos da banda que pai e filho integravam e um violão avaliado em mais de R$ 10 mil.

“Eu tentei arrombar a janela, mas logo que abri a fumaça estava muito forte. Derreteu a capa dos instrumentos e não sei se vamos conseguir aproveitar, até porque com o calor eles se estragam. O meu roupeiro derreteu. A tinta escorreu por todas as roupas e eu tive que jogar praticamente tudo fora. No quarto dos meus pais não sobrou nem o roupeiro”, conta o rapaz.

Veja vídeo do incêndio 

Vídeo: Divulgação

De forma provisória, o casal de proprietários está morando com vizinhos e o filho, Marlon, se abrigou na casa da namorada. “Roupas o pai e mãe estão aceitando, pois eles ficaram sem nada. Já móveis eu não vou dizer que não estamos aceitando, mas, no momento, não temos nem lugar para colocar. Então, primeiro estamos buscando materiais de construção ou até mesmo alguma colaboração financeira. Precisamos reconstruir a casa, para depois mobiliar ela”, afirma Klein.

O morador também lembrou da ajuda que a família tem recebido desde o momento do incêndio e utilizou o termo “anjo” para se referir aos voluntários. “No domingo algumas pessoas que eu nem conhecia vieram aqui e pegaram junto. Muita gente veio de longe e se colocou à disposição, perguntou de que forma poderia ajudar. Não sei nem de que forma agradecer elas”, disse Marlon.

Além de roupas e materiais de construção, o moradores pedem pela ajuda financeira, que pode ser feita por meio do PIX 525.951.100-04, ou então com depósito no Banco Banrisul, agência 0191, conta 35.01.4669.0.1.

Vídeo mostra como ficou a residência

Vídeo: Artur Dullius

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui