Família de Muçum se prepara para novamente receber turistas

Pelo sistema colha e pague, produtores venderam mais de mil quilos de uva no ano passado. Para 2020, expectativa é ampliar.


0
Foto: Luís Gustavo Bettinelli / Divulgação

A Família Franchini é conhecida em Muçum pelo plantio diversificado de alimentos. Na propriedade com cerca de 15 hectares, são cultivados grãos, frutas, legumes, verduras e hortaliças. A produção é praticamente toda comercializada em supermercados da região e Serra Gaúcha. Aproveitando esse potencial, em 2019, após orientações e incentivos da Administração Municipal, por meio das pastas da Agricultura e do Turismo, os produtores resolveram inovar.

Marcos Franchini e a esposa, Luciane Franchini, investiram no colha e pague de uva da Família Franchini. Logo no primeiro ano, através da visita de turistas aos dois hectares de parreiras, localizada na Linha Alegre Caravaggio, foram comercializados mais de mil quilos das variedades Niágara Rosa, Niágara Branca e Isabel Precoce.

No próximo dia 15 de dezembro, até o dia 15 de janeiro, o colha e pague estará novamente aberto à visitação e comercialização, com objetivo de ampliar as vendas. “No primeiro ano, recebemos pessoas vindas de diversas partes, a maioria do Vale do Taquari. Além de Muçum, tivemos visitantes de Lajeado, Estrela, Anta Gorda e Nova Bréscia, por exemplo”, conta Franchini.

A secretária do Turismo, Jacinta Casagrande, conta que o município tem investido no setor nos últimos anos, procurando fomentar as diversas potencialidades. Entre elas, está a agricultura diversificada, focada na produção de alimentos. “O turismo e a agricultura são meios que podem andar de mãos dadas. Cientes disso, incentivamos produtores a investirem em modelos de negócio que promovam essa junção. A Família Franchini, vem sendo case de sucesso nesse sentido”, comenta.

Para agendar visita a propriedade e obter mais informações, o interessado pode entrar em contato com a família pelo (51) 9 9607-3671.

Abertura da colheita da uva

Na próxima safra, Franchini espera por uma produção de 20 mil quilos de uva, que novamente será recebida nos mercados da região, além de disponibilizada para a venda na propriedade. O produtor de 40 anos é presença confirmada no evento de abertura da colheita da uva, realização das pastas da Agricultura e do Turismo, que deve ocorrer no próximo dia 20 de dezembro, casos os protocolos de prevenção a proliferação da Covid-19 permitam.

A realização é marcada pela exposição de variedades e comercialização da fruta a um preço menor que o de mercado. Além disso, na oportunidade comumente são expostos e vendidos produtos oriundos de agroindústrias da Região.

Clima favorável

Muçum conta com cerca de 35 produtores de uva. No município, a uva normalmente é colhida antecipadamente em comparação com outras regiões, como por exemplo a Serra Gaúcha. Isso se deve ao clima diferenciado, que antecipa a maturação e colabora para que a fruta chegue antes ao mercado, atingindo bom preço de venda. AI/CS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui