Família luta para arrecadar R$ 12 milhões e tratar criança diagnosticada com AME

Familiares e amigos pedem a colaboração de voluntários para realização de pedágios voluntários na região.


0
Primas do João Emanuel que residem em Lajeado (Foto: Joel Alves)

O menino João Emanuel é natural de Lindolfo Collor, mas tem familiares que residem em Lajeado. Segundo os familiares, seus pais já perderam uma filha vítima da doença. A família luta para arrecadar o valor necessário para realizar o tratamento da doença, estimado em R$ 12 milhões, que tem como base a medicação Zolgensma.


OUÇA A REPORTAGEM


Familiares e amigos pedem a colaboração de voluntários para realização de pedágios voluntários e outras ações na região.

“Até agora conseguimos arrecadar R$ 1 milhão, falta muito ainda, mas conseguir esse valor nos motivou” , diz Tainá Aline Rasch, prima de João.

A outra prima de João Emanuel, Jaqueline Weiss, ressalta que, ainda, existem outras formas de arrecadação e que estão sendo programadas. “Vamos distribuir cofrinhos para arrecadar valores nos estabelecimentos comerciais, realizaremos pedágios solidários e, inclusive, já temos disponíveis diversos produtos à venda pelo Facebook na página Ame João Emanuel.

Quem quiser trabalhar como voluntário ou ajudar de outra forma pode acessar as redes sociais ou ligar para o telefone (51) 99451 8485. JA

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui