Família que perdeu casa, carro e moto em incêndio cria vakinha on-line para reconstruir residência

Sinistro ocorreu na madrugada desta quinta-feira (2); fogo consumiu um automóvel Peugeot 206 e uma motocicleta Honda Biz, no Bairro Jardim do Cedro


2
Foto: Joel Alves

A família que perdeu tudo em incêndio na madrugada desta quinta-feira (2), no Bairro Jardim do Cedro, em Lajeado, criou uma vakinha on-line para reconstruir a casa. Além da residência, o fogo consumiu o veículo do casal, um Peugeot 206 e uma motocicleta Honda Biz.

A família, que tem três filhos, uma criança de 4 anos e dois jovens de 14 e 19 anos, dormia na hora do sinistro. Ninguém ficou ferido. Isabel da Silva fala que ainda há parcelas da casa a pagar. “Estamos pagando financiamento da casa e ainda faltam alguns anos para quitar, por isso precisamos recomeçar”, conta.

Ela recorda que, ao acordar com as chamas, a única coisa que foi possível salvar foi o carro da empresa em que seu marido trabalha. “Meu marido viu o clarão debaixo da porta e a única coisa que me veio à cabeça foi nos salvar. Tentamos apagar o fogo, mas não deu certo. Ele tirou o carro da empresa, tentou tirar o nosso e não conseguiu”, lamenta.

No entanto, Isabel diz que a Brigada Militar chegou antes que o Corpo de Bombeiros, e que se a chegada tivesse sido mais rápida poderiam ter salvado os quartos. “Lembro que saímos e na hora não pensamos em pegar os celulares para ligar, e aí o vizinho ligou para os bombeiros, mas eles demoraram cerca de 20 minutos a 30 minutos para chegar, e acho que se tivessem chegado antes teríamos salvado algo”, comenta.

Vakinha

Para ajudar a família a reconstruir a casa é possível contribuir com valores na vakinha on-line pelo link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/reconstrucao-da-casa-da-minha-madrinha ou diretamente pelo PIX 51 9 9778-3117 Banco Inter – Ashley Turella Trapp. Caso seja feito PIX, a família pede para que identifique como doação.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

2 Comentários

  1. Eles tem que se informar, pois normalmente na parcela do financiamento é cobrado um valor para o seguro da casa e acredito que cubra esse tipo de sinistro.
    Que Deus abençoe essa família e que consigam logo reconstruir suas vidas.

  2. Olá . Bem materiais sempre se recupera e vidas não. Reafirmo comentário do Sr. Aristides Resende, todo financiamento residencial tem seguro, devem procurar o banco para acionar .

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui