Familiares de vítimas e sobreviventes do incêndio na boate Kiss chegam a Porto Alegre para acompanhar júri

O grupo irá acompanhar o tribunal do júri do processo que apura as responsabilidades pelo caso e que começa nesta quarta (1º) na Capital


0
Foto: Reprodução

Familiares de vítimas e sobreviventes do incêndio na boate Kiss, ocorrido em 2013, deixaram Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, e chegaram a Porto Alegre no final da tarde desta terça-feira (30). O grupo irá acompanhar o tribunal do júri do processo que apura as responsabilidades pelo caso e que começa nesta quarta (1º) na Capital.

Os familiares foram recepcionados na Tenda do Cuidado, montada no estacionamento da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), ao lado do Foro Central, onde ocorre o julgamento. Ao todo, 50 pessoas embarcaram em um ônibus em frente à Catedral de Santa Maria. Levando faixas, cartazes e camisetas em homenagem aos mortos, os familiares soltaram balões brancos e realizaram uma oração.

No município, duas salas serão montadas no Clube Comercial: uma para quem quiser assistir ao júri e outra com suporte na área da saúde. Além disso, um telão ficará na tenda da vigília na Praça Saldanha Marinho. O serviço Acolhe Santa Maria, criado na época do incêndio, vai ampliar o atendimento nos próximos dias com psicólogos e assistentes sociais. Três psicólogos e dois enfermeiros que trabalharam junto às famílias na época do incêndio também foram para Porto Alegre.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui