Famílias de baixa renda têm prioridade na lista de espera das creches de Lajeado

Critério de escolha é estabelecido pelo Conselho de Educação do Município.


0
A Supervisora de Emeis da Secretaria de Educação de Lajeado, Graziela Vivian (e). e a secretária da Educação, Vera Plein, participaram do programa. (Foto: Rodrigo Gallas)

As famílias de baixa renda têm prioridade na lista de espera da Educação Infantil de Lajeado. Conforme a secretária da Educação Vera Plein, o critério é estabelecido pelo Conselho de Educação do Município.

A lista e sua ordem muda a cada momento e, até, diariamente, como explica a Supervisora de Emeis da Secretaria de Educação de Lajeado, Graziela Vivian. “Hoje eu posso ter dez inscritos no berçário, amanhã, pode ocorrer mais uma solicitação. Se ela tiver renda menor que todas as outras, ela passa a ser a primeira da lista.”

Veja a entrevista

Segundo a regulamentação do município, as creches são obrigadas a disponibilizar para os pais uma lista com os nomes, em ordem, da enumeração de espera. No entanto, com as frequentes mudanças, quem tem salário pouco acima da média acaba sendo “passado para trás”.

Vagas

Lajeado tem um índice de 100 nascimentos por mês, número que reflete nas solicitações de vagas; 85 em 30 dias. “Os pais procuram a escola pública, porque a qualidade do ensino é muito boa. Além disso, com a crise, fica difícil para muitos pagar uma escola particular”, justifica a secretária. O município tem 23 Emeis que atendem 2.835 alunos.

As representantes da educação do município, salientam que após o anúncio da redução do deficit de vagas, houve muita procura. A falta era de 627 lugares no início da atual gestão. Segundo o último dado, referente ao fechamento do mês de abril, o deficit atual é de 524. Apesar da lista extensa, 440 novas crianças foram atendidas nas escolas de Educação Infantil.

A escola Doce Infância, de Conventos, é a Emei com mais falta de vagas, são 72 crianças aguardando lugar. Já a Emei Aprender Brincando, do bairro Moinhos, tem apenas 7 – o menor deficit. RG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui