Famurs busca incluir professores como grupo prioritário na vacinação contra Covid-19

Maneco Hassen, ressalta que a integração dependerá ainda da quantidade de doses que será fornecida ao Estado.


0
Foto: Famurs / Divulgação

A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) solicitou ao Ministério da Saúde que a classe dos professores seja incluída entre os grupos prioritários para receber a vacinação contra o novo coronavírus na primeira etapa do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação. De acordo com o planejamento do governo federal, trabalhadores da saúde, idosos a partir dos 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência compõem os grupos que receberão a imunização, prevista para começar no dia 20 de janeiro.

Caso o pedido da Famurs seja aceito, contudo, o presidente da entidade, Maneco Hassen, ressalta que a integração dependerá ainda da quantidade de doses que será fornecida ao Estado, informação ainda não divulgada pelo governo federal, mas reforçou: “O importante é estarmos com as nossas equipes preparadas para iniciar o processo de imunização”.

A imunização da classe do magistério é vista por setores da sociedade como essencial para a concretização do retorno das aulas presenciais. Recentemente, o governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou a logística que vem sendo montada para iniciar a aplicação das doses na população gaúcha.

Fonte: Jornal do Comércio

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui