Famurs sugere ao Estado inclusão de profissionais de segurança pública no grupo prioritário da vacinação

Segundo Maneco Hassen, os servidores públicos precisam de contato social para desempenho de seu trabalho


0
Foto: Reprodução

Em reunião com o governo do Estado, o presidente da Famurs, Maneco Hassen, solicitou em nome dos demais prefeitos uma mobilização do governo estadual para incluir os profissionais de segurança pública no grupo prioritário da vacinação contra a covid-19. Segundo Maneco, os servidores públicos precisam de contato social para desempenho de seu trabalho e não estão contemplados nas faixas prioritárias do Plano Nacional de Imunização (PNI), elaborado pelo Ministério da Saúde. Desta forma, não podem receber de forma imediata a vacina. “É fundamental incluirmos os profissionais de segurança no grupo prioritário da vacinação, afinal eles também estão atuando na linha de frente para combater a pandemia”, afirmou. Os prefeitos de Dom Pedrito, Mauro Augusto de Freire Gonçalves, e de Marau, Iura Kurtz, também se manifestaram a favor dos profissionais de segurança. Para o prefeito de Dom Pedrito, Mauro Augusto, esta é uma pauta que merece total atenção por parte do governador. “Como disse o presidente Maneco, estes profissionais merecem todo o apoio dos prefeitos nesta luta pelo fato de estarem protegendo as nossas comunidades e também agindo na fiscalização”, ressaltou o prefeito. Fonte: Famurs

Marco Aurélio Mello será relator da ação de Bolsonaro contra restrições no DF, na BA e no RS

O Supremo Tribunal Federal (STF) definiu nesta segunda-feira (22) o ministro Marco Aurélio Mello como relator da ação apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro que tenta impedir o Distrito Federal e os estados da Bahia e do Rio Grande do Sul de adotarem medidas de isolamento para conter a pandemia de Covid-19. A relatoria ficou com o ministro por similaridade — no ano passado ele foi sorteado relator de uma ação do PDT que pediu ao STF para reconhecer o papel dos governos locais para a tomada de medidas contra a pandemia. Bolsonaro é um crítico das medidas de restrição de circulação de pessoas. Fonte: G1

Com hospitais cheios no DF, corpos de vítimas da Covid-19 são deixados no chão e em corredores

À beira do colapso, o sistema de saúde do Distrito Federal apresenta problemas no manuseio de cadáveres. Imagens feitas por servidores em hospitais públicos da capital federal mostram corpos de vítimas do novo coronavírus armazenados no chão e, em outros casos, à espera de remoção nos corredores da unidade de saúde. Corpos de pacientes com Covid-19 precisam ser ensacados e enterrados em caixão lacrado, para evitar a contaminação. Nesta segunda-feira (22), 400 pessoas aguardavam por um leito de unidade de terapia intensiva (UTI). Fonte: G1

RS ultrapassa 17 mil óbitos, com 289 registrados nesta segunda-feira

O Rio Grande do Sul registra nesta segunda-feira (22), 289 óbitos informados pela Secretaria Estadual da Saúde. Assim, o RS chega a um total de 17.157 mortes em decorrência do coronavírus. Também foram contabilizados 2.119 novos casos, alcançando um total de 793.008. O número estimado de recuperados é de 745.589 (94%) e em acompanhamento 30.194 (4%). Dos 3.261 leitos de UTI disponíveis no Rio Grande do Sul, 3.493 (107,1%) estavam com pacientes internados às 17h desta segunda. RC

Profissionais de saúde de Lajeado serão vacinados nesta terça-feira

Nesta terça-feira (23), o município de Lajeado irá vacinar um novo grupo de profissionais da saúde. A Secretaria Municipal da Saúde elaborou um documento, baseado em regramentos e normativas estaduais, com observações para definição do grupo de profissionais da saúde que será vacinado neste momento. A vacinação será apenas no Posto do Montanha. Em relação aos idosos, o município ainda está vacinando pessoas com 73 anos completos ou mais. Com a chegada de mais doses nesta terça-feira (23), a faixa etária será ampliada para mais grupos. AI/VM

Vacina de Oxford tem 79% de eficácia contra casos sintomáticos de Covid-19, apontam testes nos EUA, no Chile e no Peru

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca teve 79% de eficácia na prevenção de casos sintomáticos da doença, anunciaram a empresa e a universidade nesta segunda-feira (22). Entre participantes com mais de 85 anos, a eficácia foi de 80%. A vacina também se mostrou segura e teve 100% de eficácia contra casos graves e contra aqueles que necessitam de hospitalização dos pacientes. Fonte: G1

Primeiro post do Twitter é vendido por US$ 2,9 milhões como NFT

O presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, vendeu nesta segunda-feira (22) seu primeiro tuíte por pouco mais de US$ 2,9 milhões (R$ 15,9 milhões, na cotação atual) como NFT. O post está em formato de ativo digital único que explodiu em popularidade em 2021. Lançado ao público somente em 15 de julho de 2006, a rede social ainda viria a mudar de nome cerca de seis meses depois, adotando a grafia que conhecemos hoje: Twitter.

OMS: câncer de mama supera o de pulmão e já é o mais comum no mundo

O número de novos casos de câncer de mama em 2020 representou 11,7% do total de todos os diagnósticos da doença no ano e superou o câncer de pulmão, que até então afetava o maior número de pessoas. No entanto, o câncer de pulmão continua a ser maior causa de mortes. De acordo com a Agência Internacional para a Investigação do Câncer, da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2020 foram diagnosticados mais de 2,2 milhões casos de câncer de mama, 11,7% do total, sendo o que mais pessoas atinge no mundo. Fonte: Agência Brasil

Contatos do celular poderão ser integrados ao Pix a partir de abril

A partir de 1º de abril, os usuários do Pix poderão integrar as listas de contato de seus celulares à ferramenta. A mudança no regulamento foi anunciada na semana passada pelo Banco Central (BC) e publicada hoje (22), em resolução, no Diário Oficial da União. Segundo o BC, objetivo é facilitar a identificação de quem cadastrou seu número de celular como chave Pix, simplificando ainda mais o pagamento com a funcionalidade. Fonte: Agência Brasil

Estado atinge marca de aplicação de 1 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19

O Rio Grande do Sul ultrapassou, no início da tarde desta segunda-feira (22/3), a marca de 1 milhão de doses da vacina contra o coronavírus aplicadas na população gaúcha (dados obtidos às 12h15). Esse número representa a aplicação da primeira dose em 14,7% das pessoas que integram o grupo prioritário para a vacinação. No dia em que o Rio Grande do Sul ultrapassou o total de 1 milhão de doses aplicadas, passaram a ser disponibilizadas, no site vacina.saude.rs.gov.br, informações adicionais para que a população acompanhe a estratégia de vacinação no Estado. Fonte: Governo do RS

Estado paga R$ 43 milhões aos municípios gaúchos para custeio de programas de saúde

O governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, repassou, nesta segunda-feira (22), R$ 43 milhões para programas municipais da área da saúde. O repasse evidencia o compromisso da gestão em manter os pagamentos em dia. O recurso é destinado ao custeio mensal de programas municipais que fazem parte do Sistema Único de Saúde (SUS), como Estratégia Saúde da Família (ESF), Política Estadual de Incentivo para Qualificação da Atenção Básica (Pies) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), entre outros. Fonte: Governo RS

Produção e apresentação: Rita de Cássia

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui