Faturamento em clínicas e hospitais cai, em média, 50% em Porto Alegre

Até este momento, as instituições de saúde estão utilizando alternativas autorizadas pelo governo federal para evitar demissões dos profissionais.


0
Foto: Alina Souza / CP / Divulgação

Entre os efeitos colaterais da pandemia do novo coronavírus está a crise econômica. As dificuldades, que afetam os mais variados segmentos, também chegaram aos hospitais e às clínicas de Porto Alegre.

Até este momento, as instituições de saúde estão utilizando alternativas autorizadas pelo governo federal para evitar demissões dos profissionais, como redução de jornada de trabalho e de salário, suspensão de contratos ou antecipação de férias.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui