Fecomércio distribui 1,7 mil extensores de máscaras para empresas, em Lajeado

Equipamento serve como um protetor para as orelhas de quem usa o item de proteção durante muitas horas do dia.


0
Item de plástico possui regulagem para os elásticos da máscara, sem precisar colocar nas orelhas (Foto: Gabriela Hautrive)

Um item simples, mas que pode significar muito para algumas pessoas, assim são os extensores de máscaras que foram distribuídos em empresas de Lajeado durante a quinta e sexta-feira (14). Feito de plástico, o equipamento visa proteger as orelhas de quem fica durante muitas horas usando máscaras, item de uso obrigatório em todo o país. Um exemplo disso são as pessoas que trabalham no comércio, onde 1,7 mil extensores foram entregues em Lajeado. Ao todo, no Rio Grande do Sul, serão 85 mil peças.


OUÇA A REPORTAGEM

Esquerda para direita: Diretora do Senac, Etiene Azembuja, proprietário da Casa das Fechaduras e vice presidente de finanças do Sindilojas, Adivi Secco e a gerente do Sesc Lajeado, Betina Durayski (Foto: Gabriela Hautrive)

Os materiais são produzidos pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac. A Gerente do Sesc Lajeado, Betina Durayski, conta qual é a proposta da ação. “Tem o objetivo de proporcionar conforto para os trabalhadores de bens e serviços”. Quem idealizou a ideia foi um menino de 12 anos. “Durante o período de pandemia ele se preocupou e fez esse extensor através de uma impressora 3D. É de plástico, tem regulagem, e ao invés do elástico ficar atrás da orelha, ele vai no extensor”, explica.

O problema, de chegar em casa ao final do dia com dor na parte de trás da orelha, está resolvido. “Então a pessoa regula ali da melhor forma, conforme sua máscara e proporciona o seu bem-estar”. A campanha, finalizada nesta sexta-feira, funciona com a parceria de todas entidades que fazem parte do Sistema Fecomércio. A diretora do Senac, Etiene Azembuja, conta que a receptividade da população durante a entrega dos itens, foi muito positiva. “Nos preocupamos em maneiras de estarmos perto das pessoas nesse retorno para o trabalho e então surgiu a ideia de trazer conforto com os extensores”.

Um dos locais de Lajeado, que recebeu os equipamentos, foi a Casa das Fechaduras. Segundo o proprietário da loja e também vice presidente de finanças do Sindilojas, Adivi Secco, os itens vão ajudar bastante. “Uma ideia simples que realmente funciona, facilita muito e não incomoda as orelhas”. O Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue atendendo as recomendações de evitar aglomerações. Durante a entrega dos materiais, foram cumpridos todos os cuidados de higiene e distanciamento social.

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui