A Prefeitura de Lajeado recebeu, no início da tarde desta quinta-feira (08), a autorização da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para a construção da nova ponte do Saraquá. A licença ambiental era o último documento necessário para que possa ser iniciada a obra na ERS-413, na divisa dos bairros Moinhos d’Água e São Bento.

Nesta sexta-feira (09), técnicos do Daer e da empresa vencedora da licitação para execução da obra, a Premold, devem ir ao local para avaliar as condições do terreno para preparar o início dos trabalhos.

A assinatura da ordem de serviço foi feita há quase dois meses, no dia 13 de abril, em ato realizado nas imediações da ponte e contou com a presença do secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen. No dia 07 de maio a Certel concluiu o deslocamento da rede elétrica localizada na área de duplicação da ponte do arroio Saraquá para que a obra pudesse ser feita.

A nova estrutura terá 30 metros de comprimento e capacidade para suportar até 45 toneladas (contra 36 toneladas da ponte atual). Seu custo será de R$ 870 mil, oriundos do Governo do Estado. O município é responsável pelo aterramento das cabeceiras das ponte.

Hoje, a estrutura permite a passagem de um único veículo por vez, o que provoca filas em ambos os lados. Com a construção da nova ponte, que ficará à esquerda da atual (no sentido Lajeado – Santa Clara), será possível a passagem simultânea de veículos em sentidos opostos. A previsão de conclusão é de cerca de 180 dias após o início dos trabalhos. RS/AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui