Festa com aglomerações e posse de entorpecente é encerrada em Marques de Souza

Durante a identificação e revista aos suspeitos foram localizadas, no bolso de um dos indivíduos, quatro porções de substância semelhante a cocaína.


1
Foto : Brigada Militar

Durante o último final de semana a Brigada Militar de Marques de Souza constatou uma possível festa clandestina sendo realizada na localidade de Linha Picada Wasen. Ao chegar no local, foi possível avistar em via pública e em uma chácara, aproximadamente 40 pessoas, as quais evadiram-se para o mato quando avistaram a viatura.

Foi possível abordar e identificar 12 pessoas. Estas faziam uso de bebidas alcoólicas, aglomeradas dentro de um galpão, sem o emprego de medidas preventivas afim de evitar o contágio e disseminação da Covid-19. O policiamento identificou o responsável pela festa e foi dada voz de prisão pelo crime do artigo 268 do Código Penal – Infringir determinação do poder público destinada a impedir a introdução e propagação de doença contagiosa – sendo adotado os procedimentos de praxe.

O homem assinou um termo de compromisso e terá que comparecer em audiência no fórum. Durante a identificação e revista aos suspeitos foram localizadas, no bolso de um dos indivíduos, quatro porções de substância semelhante a cocaína. O material foi apreendido, sendo adotados os procedimentos necessários frente a posse de substância entorpecente. MS/AD

1 comentário

  1. “Possível” festa clandestina e substância “semelhante” a cocaína é piada né?
    Era somente os preparativos para a festa que correia posteriormente. E a substância, era farinha de trigo e Maizena para fazer um bolo para a festa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui