Festival Internacional Online de Coros evidencia tradição do canto coral em Teutônia

Transmissão pelas redes sociais contou com a participação de 14 coros do Brasil, Argentina, Paraguai, Estados Unidos e Alemanha.


0
Festival Internacional Online contou com a participação de 14 coros (Foto: Édson Luís Schaeffer / Divulgação)

Teutônia evidenciou a sua tradição do canto coral na noite de sexta- feira (27). Com 14 corais participantes do Brasil, Argentina, Paraguai, Estados Unidos e Alemanha, o “1º Festival Internacional Online de Coros: Teutônia – Capital Nacional do Canto Coral” teve transmissão pelas redes sociais e encantou o público que assistia às apresentações no conforto de suas casas.

Os coros enviaram vídeos de suas apresentações previamente, com apresentação em forma de mosaico ou imagens relacionadas à canção apresentada. Antes e depois de cada bloco da canções, dois apresentadores traziam, ao vivo, informações sobre os coros, bem como detalhes relacionados ao canto coral. As transmissões ocorreram pelo Facebook da Associação dos Coros de Teutônia (Acote), Facebook da Prefeitura e Facebook e Youtube da Rádio Popular FM. O evento integrou a programação Um Sonho de Natal.

Ainda na noite de sexta-feira, a live já somava em torno de 5 mil visualizações. Levando em conta uma média de três pessoas por núcleo familiar, a organização estima que a live alcançou aproximadamente 15 mil pessoas. Na manhã desta segunda-feira, dia 30, os vídeos já somavam 8 mil visualizações.

O primeiro bloco de apresentações foi com os grupos de casa. O Coral Municipal de Teutônia, o Coral Municipal Anos Dourados e o Coral Municipal Infantojuvenil mostraram o porquê o município ostenta o título de Capital Nacional do Canto Coral, mantendo a tradição trazida pelos imigrantes alemães a partir de 1858.

O segundo bloco contou a apresentação de grupos gaúchos e do Brasil. Se apresentaram Vocal Entretantos, de Novo Hamburgo (RS); Coro de Câmara Gustav Ritter, de Goiânia (GO); Grupo Vocal Terça Maior, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), de Curitiba (PR); e Coro Elo de Vozes, de Bom Princípio (RS). No terceiro bloco, três grupos do Sul do Brasil. Apresentaram sua canções o Coral Fratelli, de Ibirubá (RS); o Coral do Litoral, de Balneário Camboriú (SC); e o Coro Espelho Sonoro IFRS, de Caxias do Sul (RS).

E no quarto e último bloco, os coros do exterior encantaram quem assistia a live. Foram quatro corais participantes neste bloco: Coro Infanto Municipal de Encarnacion, Paraguai; Coro de la Universidad de Belgrano, Argentina; Indianapolis Symphonic Choir, Estados Unidos; e Coral de Darmstadt, Alemanha, com integrantes dos coros MixDur, QuerBeat e Git on Boa’d.

O prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, colocou que 2020 foi um ano de reinvenções. “O canto coral não ficou para trás. Foi um ano diferente, mas com muitas entregas para toda a comunidade em diferentes aspectos. Teutônia se sente privilegiada em receber, mesmo de forma virtual, centenas de coralistas do Brasil e do exterior. Quando tudo isso passar, quem sabe estaremos juntos para conferirmos este belíssimo trabalho de forma presencial”, ressaltou.

O maestro dos corais Municipal e Anos Dourados de Teutônia e diretor musical do festival, Martin Altevogt, lembrou os desafios do canto coral em virtude da pandemia. “O canto coral, em que os encontros são mais que necessários e as apresentações ganham grandes plateias, precisou se reinventar, buscando soluções das mais variadas, desde gravações individuais em casa, aulas por aplicativos e, inclusive, a utilização de ferramentas tecnológicas, como editores de vídeos e de áudio. O resultado disso é uma programação intensa. Curtam e prestigiem os grupos perto de você. O canto coral agradece”, frisou.

A presidente da Acote, Rosita Schneider, agradeceu a todos que tornaram o festival possível. “Que belíssimo espetáculo tivemos a oportunidade de assistir. Queremos agradecer à Prefeitura de Teutônia, pelas inúmeras parcerias para fortalecer o canto coral e honrar o título de Capital Nacional do Canto Coral. Também o nosso agradecimento aos grupos que participaram e a cada coralista por sua dedicação, que, mesmo em tempos difíceis, encontraram formas de manter viva a arte do canto coral, ecoando por vários cantos do mundo. Que a harmonia das vozes sigam produzindo espetáculos de tamanha magnitude”, destacou.

Tradicionalmente, é realizado o festival de coros regional, promovido pelo Coral Municipal de Teutônia, o que não seria possível em 2020 em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). No entanto, a pandemia trouxe a possibilidade de se realizar um festival internacional, de forma online, tendo em vista ainda que os coros do mundo inteiro não estão conseguindo realizar os seu encontros de forma presencial.

O 1º Festival Internacional Online de Coros: Teutônia – Capital Nacional do Canto Coral teve como objetivo propiciar o intercâmbio entre artistas, coralistas e público de forma virtual, além de reforçar a identidade cultural do município, que detém o título de Capital Nacional do Canto Coral. A realização do Festival foi da Prefeitura de Teutônia, em parceria com a Acote.

A iniciativa integrou a programação Um Sonho de Natal, Programação segue até dia 23 de dezembro, que fruto da parceria entre Colégio Teutônia, Grupo Popular de Comunicação e Município de Teutônia. O evento Um Sonho de Natal tem projeto cultural homologado pela Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura/Ministério da Cidadania – Governo Federal. A produção é TBT Produções, com apoio da CIC Teutônia e patrocínio de Certel, Cooperativa Languiru e Fuchs Gewürze do Brasil.

Programação segue até o dia 23

Toda a programação do Um Sonho de Natal, que contempla todas as idades, tem entrada franca, com a possibilidade de doação de um quilo de alimento não perecível. A 2ª edição do evento repete parte das atrações de sucesso e, novamente, valoriza os grupos culturais e artísticos locais, assim como no ano passado.

Atendendo todos os protocolos de segurança necessários, como distanciamento e demarcação de espaços de ocupação, em função da pandemia do novo coronavírus, o evento deste ano será totalmente transmitido em plataformas digitais (Youtube da Rádio Popular FM e Facebook da Prefeitura de Teutônia), para dar oportunidade às famílias acompanharem a programação no conforto de suas casas. O uso de máscara é obrigatório.

Nos dias 12 e 13 de dezembro, haverá desfile pelas ruas de Teutônia com o caminhão iluminado do Corpo de Bombeiros Voluntários. O veículo levará o Papai Noel e mascotes pelas ruas da cidade. Os roteiros serão divulgados em breve.

No dia 19 de dezembro, se realiza o Passeio das Lanternas Virtual, a partir das 20h. Promovido pela Paróquia Evangélica de Confissão Luterana Teutônia Sul e pela Paróquia Católica Nossa Senhora do Rosário, a noite contempla a bênção presencial e transmissão ao vivo.

No dia 20 de dezembro, a programação ocorre na Pista Atlética do Colégio Teutônia, no Bairro Teutônia. Na oportunidade, ocorre o espetáculo de dança Esperançar, do Grupo de Dança Movimentu’s, às 20h.

A programação segue no dia 21 de dezembro, também na Pista Atlética do Colégio Teutônia, a partir das 20h, com o espetáculo circense de dança e música Tempero Brasil. No dia 22 de dezembro, no mesmo local, às 20h, ocorre o espetáculo teatral “Um Sonho de Natal”, com direção de Marcelo Brentano, novamente prometendo emocionar e surpreender o público.

E no dia 23 de dezembro, às 19h, novamente na Pista Atlética do Colégio Teutônia, ocorre o encerramento da programação. Estão previstos o sorteio final da Campanha Natal dos Sonhos, com o sorteio do segundo automóvel zero quilômetro, além do espetáculo “No Natal daquele ano”, com o Grupo Tholl, e a chegada do Papai Noel.

Em função da pandemia e, consequentemente, as restrições impostas pelas bandeiras de distanciamento controlado do Estado, a programação está sujeita a alterações, seja de atrações, seja de locais, datas e horários. AI/CS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui