Filho de Hebe vira apresentador e sonha entrevistar Rita Lee: “Pioneira do selinho”

Marcello Camargo conversou com Quem sobre seu programa virtual em homenagem à mãe, 'Café com Selinho', sobre a sua vida pessoal e o que foi feito com o acervo de joias e roupas da estrela da TV brasileira.


0
Marcello Camargo e Hebe (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução Instagram)

Marcello Camargo, de 55 anos, leva uma vida simples, bem diferente de todo glamour que girava em torno de sua mãe, Hebe Camargo (1929-2012). Discreto em relação à vida pessoal, ele aceitou falar com Quem sobre seu lado apresentador à frente do programa virtual Café com Selinho, onde ele mantém o humilde número de 2,4 mil seguidores no Instagram e um pouco mais de 19 mil inscritos no YouTube.

“O Café Com Selinho veio do nada, eu pensando à noite. O selinho foi uma marca dela que pegou. Todo mundo que ia ao programa queria o selinho dela. Quando pedem, dou selinho também. Mas, agora na época do coronavírus, só de máscara (risos)”, justifica Marcello, que sonha em entrevistar a primeira artista a beijar a boca de sua mãe na TV, em 1997.

“Tenho muita vontade de entrevistar a Rita Lee, porque ela foi a pioneira do selinho. Ela que começou essa história com minha mãe. Passando a pandemia, vou procurá-la para fazer essa entrevista. Se ela quiser, vou até à casa dela. Será uma honra e tenho certeza que ela me contará muitas histórias boas de minha mãe”, acredita.

Ao ser questionado se ele se preocupa das pessoas falarem que ele vive à sombra da mãe, Marcello nega. “Acho uma bobagem isso de ter que ser visto como Marcello e não filho da Hebe. Ser filho da Hebe é um presente enorme para mim. Entendo totalmente de boa as diferenças entre as nossas carreiras. Ela era a rainha da TV brasileira. Sei que as proporções são gigantescas. Minha intenção é manter o legado e a memória da minha mãe viva”, reforça.

Na atração para web, o apresentador entrevista famosos que tiveram alguma ligação com Hebe. Marcello já gravou com Tom Cavalcante, Carlos Alberto de Nóbrega, Mara Maravilha e outros. “O programa começou só no YouTube e agora estou fechando com algumas emissoras de TV parcerias de exibição. O vídeo da Lolita Rodrigues está com mais de 152 mil visualizações. Foi um sucesso”, comemora.

Xuxa para o posto de nova rainha da TV brasileira

O filho de Hebe reconhece que o talento de sua mãe é insubstituível, mas admite Xuxa como uma possível sucessora dela. “Sempre falo da Xuxa pelo carisma. Quando a vejo nos lugares, lembro muito da minha mãe. Comparo muito o carisma e o brilho das duas. Onde elas chegam, iluminam o ambiente. Além disso, ela tinha um carinho imenso pela minha mãe”, agradece.

Hebe no Emmy Internacional 2020

Andrea Beltrão foi indicada na categoria Melhor Atriz pela série Hebe ao Emmy Internacional. Feliz, a atriz dedicou o reconhecimento à apresentadora e Marcello ficou orgulhoso de ver a história de sua mãe sendo reconhecida mundialmente. “Muito honrado de ela estar tão em alta, mesmo tantos anos depois. Apesar de ter minhas discordâncias da série, fico muito feliz e orgulhoso”, celebra.

Sucesso no exterior

Marcello lembra que esta não é a primeira vez que Hebe esteve em uma premiação no exterior. “Ela também foi homenageada no Grammy Latino (2010) e foi maravilhoso. Todo mundo queria saber quem era ela. Minha mãe era uma pessoa realmente muito iluminada mesmo. Uma vez presenciei uma cena dela sendo tietada em Londres, na Inglaterra. As pessoas perguntando quem era ela”, conta.

Fonte: Revista Quem

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui