Fiscalização ocorre de forma contínua em Teutônia

Fiscalização Municipal e Brigada Militar mantém ações conjuntas e contínuas a fim de evitar agravamento da pandemia no município


0
Foto: Divulgação

A equipe de Fiscalização Municipal de Teutônia, composta por fiscais da Fazenda, Tributos, Postura e Vigilância Sanitária, em uma ação conjunta com a Brigada Militar, mantém a rotina de visitas aos estabelecimentos comerciais no período da noite e nos finais de semana, momentos em que ocorre maior fluxo de pessoas nos locais, com a finalidade de prevenir e controlar o avanço do vírus, evitando assim, o agravamento da pandemia no município.

Na ação realizada na última sexta-feira (18), as equipes averiguaram as condições de trabalho e atendimento em 20 estabelecimentos quanto o cumprimento do Decreto Estadual 55.882/2021, bem como as Portarias SES. Em apenas um dos locais houve autuação, devido ao não cumprimento da obrigatoriedade quanto ao uso de máscara por parte dos clientes.

Nos demais estabelecimentos o resultado do trabalho vem apresentando bons resultados, sendo que as equipes realizaram apenas ação de orientação, pois as empresas já vêm cumprindo todos os protocolos. A equipe ressalta a importância das pessoas manterem os cuidados mínimos, como o distanciamento social, utilização da máscara, aplicação do álcool em gel, optar por locais que tenham ventilação, mesmo que já tenha recebido a imunização completa para o COVID-19.

O fiscal sanitário, Evandro Borba, destacou a importância do trabalho de fiscalização permanente e do comprometimento dos proprietários e funcionários da grande maioria das empresas em Teutônia quanto aos cuidados para prevenção do vírus. “Ressalto a importância dos cuidados  promovidos pelos estabelecimentos, e pela iniciativa de contribuir com a conscientização de seus clientes através de cartazes e orientações diretas. É fundamental a contribuição de todos nós para que tudo continue funcionando, para que o número de internados e infectados com o vírus reduza cada vez, e que muitas vidas possam ser preservadas”, destaca.

Denúncias podem ser feitas através da Ouvidoria ou pelos telefones: (51) 3762-7820 ou (51) 99712-0641. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui