Fluxo entre Estrela e Lajeado é liberado para todos os veículos pela BR-386

Está permitido o fluxo de veículos de pequeno e grande porte em meia-pista


0
Foto: Thiago Kich

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Concessionária CCR ViaSul permitiram liberaram, por volta das 19h30 desta segunda-feira (6), o acesso de todos os tipos de veículos (pequeno e grande porte), bem como de pedestres e ciclistas, na região da BR-386 entre Lajeado e Estrela, na ponte sobre o Rio Taquari (km 350) e da ponte seca (km 349).

O tráfego continua funcionando em sistema de contrafluxo apenas pela pista no sentido interior – capital, ou seja, em pista simples, com limite de velocidade de 40 km/h. Após a passagem pela ponte do Arroio Boa Vista, o fluxo retorna à pista duplicada em ambos os sentidos.

A PRF e a Concessionária reforçam a necessidade dos motoristas terem o máximo de cautela e respeitando a sinalização, que é reforçada no local até ser efetivada a liberação total da rodovia.

Pontos de atenção na BR-386

– Entre os kms 249 e 347 (Soledade a Estrela): Bloqueio total da rodovia em ambos os sentidos;
– Do km 327 ao 348 (Marques de Souza a Lajeado): liberação da pista no sentido interior – capital;
– Km 349 (Lajeado): liberado tráfego em contrafluxo para todos os veículos na ponte seca, na pista no sentido interior – capital;
– Km 350 (Estrela): liberado tráfego em contrafluxo para todos os veículos na ponte sobre o Rio Taquari, na pista no sentido interior – capital. Liberado fluxo de pedestres e ciclistas, pela mesma pista;
– Km 351 (Estrela): liberado fluxo na ponte sobre o Arroio Boa Vista, em ambos os sentidos;
– Km 425 (Montenegro): bloqueio total em ambos os sentidos da rodovia na praça de pedágio devido alagamento;
– Km 429 (Nova Santa Rita): bloqueio total da pista no sentido capital – interior devido alagamento;
– Km 440 (Canoas): bloqueio total em ambos os sentidos devido alagamento;

Está suspensa, temporariamente, a cobrança da tarifa em todas as praças de pedágio. MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui