“Foi um ano de dificuldades, principalmente por causa da pandemia, mas não deixamos de avançar”, diz Leite

Em vídeo publicado nas redes sociais, o governador deseja um Feliz Ano-novo aos gaúchos


0

Em vídeo publicado nas redes sociais nesta quarta-feira (30/12), no qual o governador Eduardo Leite deseja um Feliz Ano-novo a todos os gaúchos e gaúchas, o chefe do Executivo gaúcho também aproveitou para fazer um balanço dos dois primeiros anos da gestão.

“2020 foi um ano sofrido por causa da pandemia de coronavírus. É impossível fazer um balanço deste ano e projetor 2021 sem falar desse que é o principal acontecimento dos últimos anos e que desafia a humanidade em vários sentidos. Mas 2020 não foi apenas um ano de pandemia no Rio Grande do Sul. Temos conquistas a serem valorizadas e que nos dão otimismo para 2021”, reforçou o governador.

A partir das reformas estruturantes – administrativa e previdenciária – promovidas pelo governo do Estado, 2020 foi o primeiro ano, depois de décadas, em que o Estado conseguiu reduzir a despesa com pessoal e o déficit previdenciário. “Foram medidas fundamentais para que o RS encontre um caminho de equilíbrio entre o que gasta e o que arrecada, permitindo que tenhamos um Estado mais competitivo e próspero”, destacou Leite.

Em 2020, o Rio Grande do Sul também viu os indicadores de criminalidade despencarem em todo o Estado, fruto das ações combinadas de todos os órgãos de segurança pública no programa transversal e estruturante RS Seguro.

Além disso, uma das principais conquistas de 2020 foi o fato de que, depois de 57 meses, o salário do funcionalismo foi pago em dia em dois meses consecutivos: novembro e dezembro. “Também foi o ano em que aceleramos privatizações, como a da CEEE, que ocorrerá em fevereiro, e o ano em que assinamos a parceria público-privada do saneamento básico para a Região Metropolitana, com benefícios para 1,5 milhão de pessoas”, elencou.

Também neste dezembro o governo do Estado entregou a duplicação da ERS-118, obra aguardada há mais de 20 anos pelos gaúchos, e realizou o leilão de concessão da RSC-287, com deságio de 54,41% na tarifa de pedágio.

Na Educação, o Estado foi destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado em setembro, que mostrou que os alunos da rede estadual do Rio Grande do Sul apresentaram crescimento do nível de aprendizagem em todas as etapas de ensino na comparação com a amostragem de 2017.

Por último, Leite abordou o início do processo de redução da carga tributária, a partir da diminuição da alíquota básica do ICMS e da alíquota para compras internas e de fora do Estado, com o fim do imposto de fronteira.

“Foi um ano de dificuldades, principalmente por causa da pandemia, mas não deixamos de avançar. Nossas conquistas em 2020 não são de um governo ou de um governador, são conquistas da sociedade gaúcha”, enfatizou o governador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui