Forquetinha orienta para descarte correto de lixo

População é convidada a fazer a separação dos resíduos e evitar danos ao meio ambiente.


0
Prefeitura de Forquetinha (Foto: Divulgação )

A prefeitura de Forquetinha, por meio do Departamento de Meio Ambiente se mobiliza para monitorar onde o lixo doméstico vai parar e de que forma ele é descartado. Conforme o auxiliar administrativo Ivan Pündrich, assim como o lixo, hábitos também se reciclam. Segundo ele, quando os resíduos são descartados com responsabilidade, quem ganha é a própria população. “Cada tipo de lixo produzido tem um destino correto. Se tudo for misturado, pode não chegar até as cooperativas e acaba poluindo o meio ambiente ou mesmo dificulta o trabalho de quem faz o recolhimento.”

A coleta e o transporte dos resíduos recicláveis são de responsabilidade do Executivo que atende 100% do território municipal. O serviço prevê o recolhimento de embalagens, metais, papel, plástico, entre outros materiais. Por mês são enviados ao aterro sanitário 20.815 quilos. O custo mensal alcança R$ 13.314,49.

Separar cada tipo Sacos de lixo rasgados, material colocado solto nas lixeiras, lixo reciclável, não reciclável e orgânico colocado no mesmo recipiente estão entre os problemas mais comuns. “Se todos ajudarem terão uma cidade ainda mais limpa e organizada e o melhor, ajudamos a preservar a natureza.”

Dicas importantes

Coloque o lixo nas lixeiras apenas em dias de recolhimento;

Separe o lixo reciclável, os rejeitos que não podem ser reaproveitados e o orgânico (faça uma composteira em casa e transforme em adubo);

Se puder use caixas de papelão invés de sacolas plásticas para fazer o descarte, pois estas se decompõem em curto espaço de tempo;

Evite descartar pilhas, baterias, medicamentos, cosméticos, produtos de limpeza e produtos de higiene pessoal, uma vez que estes contêm micropoluentes e são realizadas campanhas para recolher estes materiais;

Não atire lixo solto nas lixeiras;

O óleo de cozinha pode ser envazado em garrafas pet e entregue na secretaria de Agricultura.

    Lixo orgânico não deve ser colocado junto às lixeiras e sim acomodado em composteiras (Foto: Divulgação )

Saiba a diferença

Lixo orgânico

Restos de comida, cascas de fruta, pós de café, papel higiênico, papéis engordurados e fralda descartável.

Lixo reciclável

Papéis, papelão, latas, vidros, plásticos, embalagens de leite e sucos, garrafas pet, copos descartáveis e canudinhos.

Lixo não reciclável

Papéis Plastificados, papéis sanitários (papel higiênico), etiquetas adesivas, papéis engordurados, papel carbono, papéis parafinados, fotografias, papel celofane, bitucas de cigarros e guardanapos.

Roteiro de coleta de lixo

Segundas-feiras

A partir da divisa com Lajeado, percorre a “estrada do travessão” até a primeira ponte, retornando até a RS-421 e seguindo-a até localidade de Arroio Alegre e Arroio Abelha/ Aves Silva (antiga Avipal), após retorna e percorre a parte urbana.

Quintas-feiras

A partir da Barra da Forquetinha (pórtico) até a divisa com Canudos do Vale (propriedade de Adilson Stoll), retornando até a Ponte do Bauereck, até a divisa Canudos do Vale (lado direito do rio Forquetinha), retornando até o Centro (Escola João Batista de Mello), percorrendo todo trajeto urbano.

Primeira segunda-feira do mês

A partir da RS-424, junto à propriedade de Lauro Hauschild até a localidade de Araguari, passando pela localidade de Arroio Abelha II e descendo pela localidade de Picada Kremer, até encontrar a RS-424.

Primeira quinta-feira do mês

A partir da RS-421, junto à área do distrito industrial, subindo pela localidade de Picada Hunemeier, passando pelas localidades de São Vitor e Picada Schussler, e descendo pela estrada asfaltada do britador, até encontrar a RS-421.AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui