Forquetinha retorna com aulas 100% presenciais nesta segunda-feira

Retorno deve iniciar pela educação infantil e no dia 17 de fevereiro, o ensino fundamental do pré ao 9º ano; Santa Clara do Sul também retorna de forma presencial.


0
Secretária Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, Bruna Trojaike Grabin, e diretora da escola Municipal de Educação Infantil Brincar Construindo, Gisele Gisch (Foto: Caroline Silva)

Forquetinha será um dos primeiros municípios da região a retornar com as aulas 100% presencial nesta segunda-feira (1º). A decisão veio após muitos encontros da Administração Municipal com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, conforme explica a secretária municipal Bruna Trojaike Grabin. “A gente teve várias reuniões para definir como faríamos o retorno das aulas. E com isso, decidimos fazer o retorno das aulas 100% presenciais, tanto no ensino infantil quanto no fundamental”, conta. A decisão final foi tomada após reunião virtual com a titular da Promotoria de Justiça Regional da Educação (Preduc) de Santa Cruz do Sul, Vanessa Saldanha de Vargas.

Bruna lembra que o retorno não é obrigatório. “Os alunos que optarem por não retornar, as famílias precisam vir até a escola e assinar um termo de compromisso, esse termo fica aqui com a direção e os pais terão que retirar atividades na escola semanalmente”,

Sobre os alunos do ensino fundamental que tiveram dificuldade na aprendizagem ou ficaram em recuperação no ano letivo de 2020, a secretária explica que haverá acompanhamento e reforço escolar.

“Nos anos iniciais, os professores que os acompanharam no ano anterior, vão acompanhá-los neste ano, para suprir com o que ficou para trás, já para os de anos finais que ficaram em recuperação, teremos reforço escolar”, diz.

Tudo pronto

Na escola Municipal de Educação Infantil Brincar Construindo, que retoma suas atividades presenciais nesta segunda, dos 70 alunos matriculados, 69 devem retornar para as salas de aula. O educandário já está com tudo pronto para receber as crianças seguindo os protocolos sanitários de segurança.

A diretora da Emei, Gisele Gisch, conta que tudo foi organizado assim que souberam do retorno. “Quando recebemos a notícia que iríamos voltar, já nos organizamos com os protocolos e com o distanciamento. Na recepção das crianças, os pais não entram na escola, eles deixam os alunos na porta e nós acompanhamos eles até a sala de aula”, informa.

A diretora também diz que haverá intensa higienização. “No começo da manhã a escola será higienizada, o ambiente interno e externo, e durante o dia a cada duas horas”, comenta.

Outros municípios

Na última sexta-feira (29), o município de Estrela informou que deve voltar às aulas entre os dias 8 e 22 de fevereiro em escala de revezamento semanal. Já o município de Travesseiro informou que realizou uma pesquisa com famílias sobre o retorno presencial e obteve aprovação na volta das atividades. No entanto, ainda não há uma definição de datas.

Em Santa Clara do Sul, o retorno presencial também deve ocorrer nesta segunda-feira para mais de 500 alunos das escolas Willibaldo Both, Gustavo Seidel, Professor Sereno Afonso Heisler e Frei Henrique de Coimbra. A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Pequeno Mundo retornou no último dia 11, de forma gradativa. Já o município de Lajeado, segue sem definição, embora o prefeito Marcelo Caumo tenha dito que na próxima semana deve haver novidades sobre o assunto.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui