Funcionária de Centro de Atendimento Socioeducativo de Pelotas é feita refém por adolescentes

Durante 40 minutos, a trabalhadora foi mantida refém por três adolescentes no pátio da instituição


0

Uma funcionária do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Pelotas, no Sul do Estado, viveu momentos de tensão na tarde desta terça-feira (4). As informações são de GZH. Durante 40 minutos, a trabalhadora foi mantida refém por três adolescentes no pátio da instituição.

De acordo com a assessoria de comunicação da instituição, o fato ocorreu porque os jovens reivindicavam mais tempo de intervalo na área externa e se negaram a retornar para o dormitório.

Após dialogar com os internos, os técnicos do Case conseguiram convencê-los a liberar a mulher. MS

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui