Funcionário das Balas Florestal passa mal ao chegar na empresa e vê-la em chamas

"Quando cheguei na empresa e vi o fogo, passei mal, pois a Florestal é minha família", diz Amauri Zachert


0
Vigilante Amauri Zachert (64) (Foto: Joel Alves)

O incêndio que atingiu a indústria de Balas Florestal, em Lajeado, no último domingo (19), por volta das 2h30 da madrugada, deixou direção e funcionários apreensivos.

Um dos funcionários mais antigos da empresa é o vigilante Amauri Zachert (64) que trabalha há 27 anos na Indústria de Balas Florestal. “Quando comecei a trabalhar aqui, éramos 120 funcionários, hoje, somos 850”, fala Zachert.


ouça a reportagem 


 

Sendo um dos primeiros a chegar na empresa após o início do incêndio, Amauri Zachert passou mal ao ver a empresa em chamas. “Quando cheguei na empresa e vi o fogo, passei mal, pois a Florestal é minha família”, relembra ele.

“Tudo que tenho, conquistei trabalhando na Florestal. Os meus colegas são meus amigos e a direção são como meus pais”, fala Zachert orgulhoso da Balas Florestal.

Texto: Joel Alves

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui