Funcionários da Languiru aprovam acordo coletivo com reajuste salarial de 12%

Além do reajuste salarial, foram reajustadas as cláusulas sociais e houve mudanças no prêmio do dia do comerciário


0
Diretores do Sindicato explicam o novo acordo coletivo para o setor do comércio da Cooperativa Languiru (Foto: Bruno de Azevedo

Os trabalhadores do setor de comércio da Cooperativa Languiru das cidades de Teutônia, Bom Retiro do Sul e Poço das Antas aprovaram na noite desta quarta-feira (29), o novo acordo coletivo. A assembleia ocorreu na sede da entidade, no Bairro Canabarro, em Teutônia, e o documento tem validade de 1º de junho de 2022 a 31 de maio de 2023.

O reajuste salarial será de 12%, com o piso salarial de efetivação passando para R$ 1.633,65. Além do reajuste salarial, foram reajustadas as cláusulas sociais e houve mudanças no prêmio do dia do comerciário.

“Foi uma conquista para os trabalhadores, além do aumento salarial, aumentamos o prêmio do dia do comerciário que agora será pago na folha de pagamento, o prêmio assiduidade teve aumento acima da inflação e ainda mantemos as demais cláusulas sociais”, comemora Raul Cerveira, presidente da entidade.

Prêmio do comerciário: valor de um dia de salário base do trabalhador no salário do mês de novembro.

Prêmio assiduidade: valor de R$ 305,00 no cartão identificação para trabalhadores sem faltas durante o mês.

Auxílio escolar: R$ 937,25 pagos em duas parcelas nos meses de fevereiro e agosto de 2023 para trabalhadores estudantes ou com dependentes que frequentam a escola. Acréscimo de R$ 234,31 em caso de segundo dependente.

Auxílio creche: R$ 224,00 para quem possui filhos com até 6 anos de idade. Metade do valor pago ao trabalhador no cartão de identificação e a outra metade é repassada para a creche.

Feriados: R$ 134,00 de indenização com hora extra de 100% em caso de exceder a carga horária.

AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui