Futebol amador retorna no Vale do Taquari a partir desta quarta-feira

Sete de Setembro e CTC serão os primeiros clubes a voltarem com a prática em Lajeado.


0
Sete de Setembro terá dois campos de futebol 7 à disposição (Foto: Natalia Ribeiro)

Clubes e quadras esportivas privadas se preparam para retomar as atividades presenciais no Rio Grande do Sul, inclusive no Vale do Taquari. O governo do Estado publicou a permissão na noite da segunda-feira (14), em edição extra do Diário Oficial. Apenas um clube de Lajeado já fixou a volta para esta quarta-feira (16).


OUÇA A REPORTAGEM 


 

Pelas redes sociais o Clube Sete de Setembro, no Bairro Moinhos, anunciou a novidade a contar da quarta. São cerca de 1,3 mil associados, sendo que 700 deles têm ligação direta com o futebol. A permissão era aguardada com muita expectativa, segundo o coordenador de esporte e administração do Sete, Luís Felipe Worm, o ‘farelinho’. “Era um sonho ter o nosso associado de volta. O minifutebol é muito forte na região. As pessoas pedem por isso. Recebemos a notícia com muita alegria”.

O Sete tinha um protocolo prévio para o retorno, que foi aperfeiçoado a partir das regras divulgadas pelo Estado. O governo deu aval aos esportes coletivos exclusivamente em de quadras esportivas, sem público, com intervalo de uma hora entre os jogos e uso intercalado das quadras, para evitar a aglomeração e permitir a higienização dos espaços. Está vedado o entretenimento, com churrasqueiras e praça infantil. Restaurantes deverão atuar em conformidade com o protocolo específico.

Para organizar o retorno, o Sete de Setembro determinou que as “reservas deverão ser efetuadas diariamente, na secretaria. Não poderão ser feitas com um dia de antecedência”, de acordo com o responsável. O contato deverá ser feito pelos telefones 3726-3050 e 9 9919-1790. Como a solicitação deve ser encaminhada no mesmo dia da partida, ainda não há informações de equipes que voltam na quarta.

No clube os jogos coletivos poderão ser praticados por, no máximo, 16 pessoas. Elas deverão ser associadas e apresentar termo de compromisso. Dois campos serão disponibilizados, com uma hora de intervalo em cada um deles. Em dias de semana haverá cobrança de taxa de R$ 40. Os finais de semana serão gratuitos.

Os jogadores deverão acessar o clube utilizando máscara. A cada ingresso será feita aferição da temperatura, com limite de acesso em 37,5º. Materiais esportivos, como bolas, não serão emprestados pelo Clube Sete de Setembro. Os atletas amadores deverão ir fardados até o local. Vestiários estarão fechados. As famílias não poderão acessar o espaço físico da instituição enquanto as partidas acontecerem.

Coordenador de esporte e administração do Sete de Setembro, Luís Felipe Worm, explica os protocolos (Foto: Natalia Ribeiro)

O Clube Tiro e Caça (CTC), também de Lajeado, fez reunião na tarde desta terça-feira. Por volta das 17h informou que, assim como o Sete, vai voltar. As reservas poderão ser feitas com um dia de antecedência, no Setor de Esporte, pelo telefone 3726-4980, no horário das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h, de segunda-feira à sexta-feira. Aos sábados das 8h30 às 11h30. A Sociedade Ginástica Estrela (Soges) pretende voltar na próxima semana.

O sistema de bandeiras, em vigor no Rio Grande do Sul, será determinante para a sequência das atividades amadoras coletivas. Para fazer uso da liberação os municípios deverão ser de uma região que esteja há, pelo menos, duas semanas em bandeira amarela ou laranja.

A região de Lajeado no Distanciamento Controlado está habilitada a voltar por ter 14 dias de laranja. Contudo, se receber a vermelha ou a preta na rodada a seguir, a 20ª, terá de retomar a suspensão. A divulgação preliminar é prevista para sexta-feira (18).

A proposta é semelhante à da educação, visto que os dois grupos, de esportes e aulas, não são contemplados no Distanciamento Controlado. As permissões se deram através de decreto estadual. No Vale do Taquari os colégios da rede privada retomaram os encontros presenciais a partir desta terça-feira.

Movimento no RS

A demanda da retomada dos esportes coletivos, em especial nas quadras particulares, foi tema de discussões desde março e também motivo de protesto no começo de agosto, em frente ao Palácio Piratini, em Porto Alegre. O representante da União Estadual das Quadras Esportivas do Rio Grande do Sul, Bruno Carrão, conta que foi formado um grupo de empresários no WhatsApp, que tem 90 pessoas de 70 municípios gaúchos. Este encaminhou a solicitação ao governo, que aceitou a flexibilização. Para Carrão, que é da Capital, o momento é de muita realização.

Em vídeo publicado nas redes sociais na manhã desta terça o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, celebrou a novidade e informou que a prática esportiva amadora e coletiva está liberada no município a contar da data, a partir do decreto estadual.

Texto: Natalia Ribeiro
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui