Gabriela Pugliesi sobre fim de casamento: “Erasmo errou comigo”

Influencer fala sobre tentativas de engravidar, sofrimento e plano de congelar óvulos para ser mãe.


0

Gabriela Pugliesi, 35 anos de idade, usou as redes sociais para falar sobre o fim de seu casamento com o modelo Erasmo Viana, anunciado no domingo (21). “Não dá para ficar fazendo a blasé e fingir nada aconteceu. Terminei meu casamento sim, fiquei na merda por dois dias, mas já levantei a cabeça. Erasmo errou comigo”, afirmou.

No post, ela afirma ter superado os dias tristes. “Sou uma mulher muito decidida e prática. Na mesma intensidade que eu amo, eu desapego quando sei que é um sentimento que não me faz bem. Gosto de falar sobre como encaro situações inesperada na minha vida. Sempre falei que o que mais acredito é que nada acontece nessa vida por acaso. Eu me sinto à vontade para ser vulnerável”, disse.

Gabriela relatou que seu ano de 2020 foi difícil. Vale lembrar que Pugliesi recebeu duras críticas por aglomerar pessoas em festa na sua casa no início da pandemia, chegando a perder contratos e a desativar o Instagram. Ela também foi um das primeiras famosas a ser diagnosticada com coronavírus no país. “Queria aproveitar esse vídeo para contextualizar, porque não quero que seja um vídeo inútil sobre um término de casamento. Cada vez mais me sinto a vontade de ser vulnerável aqui, faz bem pra mim tirar isso de dentro. 2020 foi um ano duro pra mim, mas foi necessário, porque foi importante para me impulsionar. Eu amadureci demais. Eu também tinha minhas questões pessoais que eu tinha que lidar. Agora que estou separada, posso falar para vocês que tentei engravidar durante um ano e três meses.”

A influencer contou que tentou diferentes métodos. “Com tratamento, fiz inseminação, usei muitos hormônios para induzir ovulação, fiz FIV, foram muitas tentativas. Todas frustradas. Toda mulher sabe o quão doloroso são essas tentativas. Meu corpo mudou completamente, fiquei com celulite até o joelho, minha cabeça pirou. Tinha dias que eu tava com depressão e outro tava radiante. São muitos picos hormonais. É como se fosse uma TPM eterna. Vivia cada dia pensando no próximo dia, quando teria resultados. Eu me anulei. Eu não dividi nada disso com a minha mãe porque era um sonho pra ela também. Eu vivi tudo isso sozinha e com o Erasmo, que também queria muito ter um filho. Os dois queriam muito. Ele tava tanto do meu lado, que esse mês agora teve um acontecimento e eu terminei meu casamento. Eu estou resumindo muito”, completou.

“Eu tive uma decepção, mas não vou entrar nessa história, porque não é sobre isso. É sobre fazer planos, forçar uma situação, que a gente quer e por mais que seja nosso sonho, mas se Deus não quer, se sabe que não é para você, não vai acontecer. Dei o exemplo da gravidez, mas é com tudo. Tentei engravidar, fiz de tudo e não consegui. Sabe por quê? Porque não era pra ser”, afirmou.

Sonho de ser mãe 

“Se eu soubesse, teria congelado meus óvulos aos 20 e poucos anos. Ainda tenho o sonho de ser mãe e serei. Vou congelar meus óvulos. Não necessariamente preciso de um homem para ser mãe. Agora, quero viver minha vida.”

Respeito

“Eu e o Erasmo não estamos brigamos. Respeito nossa história que foi linda. agora, ele teve a escolha dele e o que importa mim é que todo mundo seja feliz. Ele, eu, você. Super beijo”, encerrou.

Fonte: Revista Quem Globo


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui