Lajeado passa por surto de gastroenterite, alerta secretário de Saúde

De acordo com o médico Cláudio Klein, suspeita-se que os casos são de origem infecciosa e interpessoal, mas já estão em baixa


0
Secretário de Saúde de Lajeado, o médico pneumologista Cláudio Klein, em entrevista nesta quinta-feira (Foto: Rodrigo Gallas)

Em entrevista ao programa Acorda Rio Grande da manhã desta quinta-feira (30), o secretário da Saúde de Lajeado, o médico pneumologista Cláudio Klein informa que a população do município está passando por um surto de gastroenterite. Suspeita-se que os casos são de origem infecciosa e interpessoal. A enfermidade tem atingido pessoas de todas idades. No entanto, de acordo com coleta de dados do secretário, os casos já estão em baixa.

A gastroenterite é a inflamação do revestimento do estômago e dos intestinos grosso e delgado. “Tenho certeza que quem nos ouve vai ter alguém que conheceu que passou por este quadro.”

A pessoa doente com a gastroenterite sofre de náuseas, ânsia de vômito, mal-estar digestivo e desconforto. “De um instante para outro, surge um episódio de diarreia. Em geral, não persiste por mais de um dia. Depois a pessoa acaba se recuperando, mas muitos precisam da aplicação de soro devido à desidratação.


ouça a entrevista

 


 

Leia também 

Aumento de mortes por doenças do coração

Até a manhã da última quarta-feira (29), Dia Mundial do Coração, mais de 230 mil brasileiros morreram por doenças cardiovasculares este ano. A maior parte das vítimas está na faixa-etária entre 70 e 79 anos. Em comparação com o mesmo período de 2020, houve um aumento de 6,9% das mortes por doenças do coração.

Entre os motivos da Covid-19 ter piorado o cenário, está o fato de a população ter deixado de fazer exames e ir até as unidades de saúde para os tratamentos necessários por receio da contaminação.

Além disso, muitas pessoas acabaram deixando de fazer exercício físico, o que é fundamental para a boa saúde do coração.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui