Governo anuncia municípios vencedores da segunda etapa do Prêmio Te Vacina RS

Na segunda fase foram consideradas doses aplicadas e registradas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações até as 23h59 de 17 de agosto


0
Foto: Marília Bissigo / Ascom SES

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, anunciou, na manhã desta sexta-feira (20), os vencedores da segunda e última etapa do Prêmio Te Vacina RS, que busca reconhecer e valorizar os municípios que mais vacinaram contra a Covid-19 no Estado.

Foram duas etapas com premiação de R$ 625 mil. A primeira foi divulgada em 20 de julho. Na premiação divulgada nesta sexta (20), em primeiro lugar, entre os diferentes portes de município conforme a população, ficaram Erechim, Santo ngelo, Júlio de Castilhos e São João do Polêsine. Em segundo lugar, Alvorada, Carazinho, Feliz e Nova Bréscia. A lista com os valores está abaixo. Os municípios contemplados em julho foram excluídos agora, para que não se repetissem vencedores e mais cidades pudessem dispor do prêmio.

Nesta segunda fase foram consideradas doses aplicadas e registradas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) até as 23h59 de 17 de agosto. O índice foi obtido dividindo a quantidade de doses aplicadas pelas vacinas distribuídas por município, limitando os valores de 0 a 100. Se um município recebeu 100 doses e aplicou 80, por exemplo, a cobertura vacinal é de 80%.

O uso dos recursos recebidos da premiação deverá ser em ações na atenção primária à saúde. O pagamento será realizado por meio do Fundo Estadual de Saúde aos Fundos Municipais de Saúde.

A secretária Arita disse que “o prêmio Te Vacina não é somente da gestão municipal, mas dos vacinadores e da população: nosso trabalho é concretizado no município”. Levantamento realizado pela Secretaria da Saúde mostra que 358 municípios do Estado já estão vacinando na faixa etária de 18 a 22 anos; 104 municípios vacinam de 23 a 27 anos e outros 25 já imunizam na faixa etária de 28 a 34 anos. “Estamos muito bem na reta final, próximos de atingir a meta programada de aplicação de primeiras doses na população gaúcha acima de 18 anos até o próximo dia 25”, afirmou Arita.

“O prêmio é uma forma de incentivar ainda mais os municípios, já que muitos estão com excelentes desempenhos. É uma alegria reconhecer as equipes que trabalham e também uma forma de podermos comemorar que estamos chegando ao final desta etapa”, disse a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa. “Todo o RS é campeão. Independentemente de quem receber os recursos, pois é um esforço coletivo para a imunização de todos”, acrescentou.

Como critério de desempate, foi calculado o total de segundas doses aplicadas dividido pelo número de doses distribuídas. Não foram contabilizadas doses distribuídas e aplicadas que não são de responsabilidade direta dos municípios, como no caso da vacinação dos povos indígenas.

O representante da diretoria do Conselho das Secretárias Municipais de Saúde (Cosems/RS), Guilherme Ribas, reiterou que, para os municípios, é um incentivo muito expressivo. “Já estamos no sétimo mês de campanha de vacinação. O prêmio dá um gás para a ampliação das ações. Essas iniciativas fazem diferença para proteger a população”, afirmou.

Fonte: Governo do Estado do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui