Governo começa a pagar auxílio emergencial nesta quinta-feira

Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia.


0
Foto: Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, destacou a dificuldade de mapeamento dos cerca de 54 milhões trabalhadores – pouco mais de 25% da população brasileira – que terão direito ao auxílio emergencial durante a pandemia de Covid-19 no Brasil. O auxílio – a princípio vigente por três meses, período em que o governo acredita durar a pandemia –, deve começar a ser pago até quinta-feira, para correntistas da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Nos demais bancos, isso deve ocorrer até o dia 14 deste mês. “Estamos trabalhando para que dentro de 45 dias úteis as pessoas possam receber”, disse, referindo-se a trabalhadores informais e pessoas inseridas no Cadastro Único, dois dos três grupos elegíveis.

 

Caixa lança site e aplicativo para solicitar auxílio emergencial de R$ 600

A Caixa Econômica Federal disponibilizou nesta terça-feira (7) o site e o aplicativo por meio do qual informais, autônomos, desempregados e MEIs podem solicitar o auxílio emergencial de R$ 600. O aplicativo deve ser usado pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo. O pagamento será feito automaticamente. Pra baixar o app é só procurar pelo nome Caixa Auxílio Emergencial. Fonte: G1

Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio

Cerca de 600 mil trabalhadores informais já se cadastram na manhã desta terça (7) para receber o auxílio emergencial anunciado na semana passada pelo governo federal. A previsão do governo é que entre 15 milhões e 20 milhões de trabalhadores informais façam o cadastro para receber o benefício. O site e o aplicativo para fazer o cadastramento já estão disponíveis. As pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20/03, mas que têm direito ao auxílio, poderão se cadastrar também pelo aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial. A Caixa disponibilizou ainda a central 111 para tirar dúvidas sobre como fazer o cadastramento. Após essa etapa, a expectativa do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, é que em quatro ou cinco dias úteis o benefício possa ser liberado. Fonte: Agência Brasil

Inadimplência no comércio de Lajeado chega a 26,6% e atinge maior patamar dos últimos 18 meses

Já observada em março, a tendência de ascensão na inadimplência no comércio de Lajeado se repete em abril e o mês inicia com um índice de 26,6%, o que equivale a meio ponto porcentual acima do registrado há cerca de 30 dias atrás e totaliza uma elevação de 1% no bimestre, alcançando o maior patamar dos últimos 18 meses. Desde outubro de 2018, quando o índice ultrapassou a casa dos 29%, não se observava um número tão alto. O percentual indica que, nesta segunda-feira (06), dos 60.827 CPF’s de pessoas maiores de 18 anos ativos na Receita Federal, 16.188 estão com alguma restrição no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). AI / GH

Com seis projetos em pauta, vereadores de Lajeado fazem sessão online nesta terça-feira

Pela terceira semana consecutiva, e em combate ao Covid-19, os vereadores de Lajeado farão a sessão ordinária de forma virtual. Eles irão se reunir nesta terça-feira (7), a partir das 17h, com seis projetos para serem apreciados. Durante a pandemia a casa está votando apenas matérias consideradas urgentes e necessárias para o andamento do município. Serão elas: abertura de crédito de R$ 10 mil para manutenção na Biblioteca Pública Municipal de Lajeado; cerca de R$ 20,6 mil para a Secretaria do Meio Ambiente, a serem aplicados na manutenção de parques e do Centro de Controle de Zoonoses e Vetores, entre outros itens; R$ 28 mil para a Secretaria de Desenvolvimento, visando a manutenção de espaços públicos; cessão de uso de sala no Parque Histórico para a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales); adequações na redação do Código Tributário do município; e dispensa de multa contratual em casos de inexecução de contratos por compradores de terrenos urbanos no Distrito Industrial de Lajeado. NR

Boris Johnson passa a noite na UTI, mas sem utilizar respirador

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, que passou a noite na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após um agravamento de seu estado de saúde devido ao novo coronavírus, não precisou do respirador que tem a sua disposição, anunciou nesta terça-feira (7) o governo, em um esforço para tentar acalmar a preocupação dos britânicos. Fonte: G1

Com quase 9.000 mortos, França entra na quarta semana de quarentena

Depois de registrar na véspera seu dia mais letal da pandemia de coronavírus, com 883 mortos em 24 horas, a França entra em sua quarta semana de confinamento nesta terça-feira (7), com um balanço total de cerca de 9.000 óbitos. A epidemia de coronavírus deixou 8.911 mortos na França, o terceiro país mais afetado da Europa em número de vítimas mortais da Covid-19, atrás de Itália e Espanha. Na segunda-feira, a França viveu seu dia mais sombrio, registrando seu pior balanço em 24 horas até agora. No total, 606 destes óbitos aconteceram em hospitais, e o restante, em lares para idosos.

RS tem 33 novos casos de coronavírus nesta segunda-feira; cinco são do Vale

Informe epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde, divulgado entre o fim da tarde e o começo da noite da segunda-feira (6), revela que o Rio Grande do Sul teve 33 novos casos da Covid-19 em 24 horas. No fim do domingo (5) eram 468 pessoas testando positivo para o vírus nos municípios gaúchos, contra os atuais 501, informados no balanço mais recente do governo do Estado. Destes, são cinco pacientes do Vale do Taquari: um em Lajeado e quatro em Tabaí. Os casos de Tabaí foram confirmados no fim desta manhã. São três mulheres e um homem. Ele, com 40 anos de idade e elas com 26, 44 e 24 anos, segundo a Prefeitura. Todos trabalham em uma indústria do ramo da alimentação em Lajeado – mesma empresa na qual atua uma mulher de Taquari, de 26 anos, infectada com o novo coronavírus. Ela faz isolamento domiciliar, junto de familiares. Já a nova paciente de Lajeado tem 38 anos e está internada na UTI Covid-19 do Hospital Bruno Born (HBB). Neste caso a transmissão é considerada comunitária, quando a origem do vírus não pôde ser identificada. O município gaúcho com o maior número de casos é Porto Alegre, com 253 testes positivos. Além dos 501 pacientes já diagnosticados, o Rio Grande do Sul tem oito mortes pela doença. No Vale do Taquari são 18 pacientes com resultado positivo para a doença pelo Laboratório Central do Estado (Lance), sendo que oito são considerados curados. Nove pessoas infectadas são de Lajeado – quatro recuperadas, segundo a Prefeitura. NR

Fórum das Entidades pede prorrogação do prazo de pagamento dos impostos municipais, em Lajeado

As entidades empresariais de Lajeado querem que a Prefeitura prorrogue o prazo de pagamento dos impostos municipais durante a campanha de combate à pandemia do coronavírus. Documento com a solicitação foi entregue pelas lideranças do Fórum das Entidades Empresariais e Sociais de Lajeado – Feesla ao prefeito Marcelo Caumo (PP) e secretários na tarde de ontem, segunda-feira (6), em ato que aconteceu no auditório do Executivo. A iniciativa da mobilização e formalização do pleito à Prefeitura foi da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), sendo encampada e enriquecida com contribuições das lideranças das outras 13 entidades do Fórum, que apoiam com unanimidade a solicitação. AI/NR

Após apelo, CBF destina R$ 19 milhões a clubes e federações

A partir de hoje (7), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) destinará R$ 19,1 milhões a clubes que disputam as Séries C e D do Campeonato Brasileiro, A1 e A2 do Brasileiro Feminino, e também para as 27 federações estaduais. Segundo a entidade, 140 equipes serão beneficiadas com o repasse para “cumprir seus compromissos com os jogadores e jogadoras durante o período de paralisação do futebol” em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O repasse às federações é de R$ 3,24 milhões, sendo R$ 120 mil por entidade estadual. Já o auxílio aos times é equivalente a duas vezes a folha salarial média dos atletas por divisão, conforme o sistema de registro de contrato da CBF. A distribuição será a seguinte: Série C: R$ 4 milhões para 68 clubes – R$ 200 mil por clube; Série D: R$ 8,16 milhões para 20 clubes – R$ 120 mil por clube; A1 Feminina: R$ 1,92 milhão para 16 clubes – R$ 120 mil por clube; A2 Feminina: R$ 1,8 milhão para 36 clubes – R$ 50 mil por clube. Fonte: Agência Brasil

Produção e apresentação: Ricardo Sander
Próxima edição: às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui