Governo de Estrela apresenta Plano de Modernização e Acessibilidade

Força-tarefa inclui remodelação de calçadas, sinalização de todas as ruas, instalação de paradas inteligentes e ecopontos para descarte e coleta seletiva de lixo


0
Foto: Divulgação

O Governo de Estrela criou uma força-tarefa para modernizar e tornar mais acessível o município. A ação, capitaneada pela Secretaria Municipal de Administração e Segurança Pública conta também com o auxílio das pastas da Fazenda; Infraestrutura Urbana; Desenvolvimento, Inovação e Sustentabilidade; e Turismo, Cultura, Esporte e Lazer. A intenção é tornar mais confortável a experiência da comunidade estrelense junto aos espaços públicos nas áreas urbanas e rurais.

O secretário municipal de Administração e Segurança Pública, César Augusto Pereira da Silva, explica que para fazer frente aos diversos projetos foi necessário criado um comitê municipal – o Comitê de Modernização e Acessibilidade de Estrela – composto por profissionais de todas as pastas do governo envolvidas na força-tarefa. “Trata-se de um projeto de adequação para que nosso município tenha uma estrutura moderna e coerente às atuais necessidades, oferecendo conforto e acessibilidade para nossa comunidade”, diz.

Boa parte das ações já estão em fase final de estudo e implementação. “Tudo que depende de alteração de lei municipal será encaminhado para a Câmara de Vereadores, para então ter sequência e entrar em execução”, complementa o titular da Administração.

Foto: Divulgação

Foco no futuro

Segundo o prefeito de Estrela, Elmar Schneider, este é um projeto realizado no presente, mas que projeta o município para o futuro. “Isso significa pensar grande, pensar no todo e no bem-estar da nossa população. Foram pensadas soluções para problemas no meio urbano e rural, pois o município de Estrela é tudo isso”, reforça.

Schneider apresentou o projeto para os vereadores em uma reunião realizada no gabinete, na última segunda-feira (14). “Estamos aqui para mostrar estas propostas e ideias e para tirar as dúvidas dos vereadores, pois uma grande parte destas iniciativas irá para votação na casa do Legislativo.”

Além dos projetos nas áreas de mobilidade, limpeza urbana e embelezamento, haverá um cuidado especial com os animais, um pedido especial do chefe do Executivo estrelense. “Não queremos ter depósito de animais em nossa Estrela. Optamos pelo modelo de canil que manterá em segurança e em condições sanitárias os animais que são abandonados, dando chance também às adoções”, destaca o prefeito, ao comentar sobre a instalação do Canil Municipal.

Foto: Divulgação

O que prevê o Plano de Modernização e Acessibilidade

Sinalização de ruas – O projeto prevê a substituição e inclusão de placas, seguindo um novo modelo padrão, em todos os cruzamentos de ruas do município, tanto na área urbana, quanto rural, incluindo a sinalização do nome das ruas, estradas e avenidas. Ao todo, devem ser instaladas 791 placas na área urbana e 74 nas estradas do interior. Cada conjunto contará com duas placas com impressão refletiva e um poste de aço galvanizado. Serão 865 unidades, que permitirão ainda a inclusão de patrocínio, que ajudará a viabilizar os custos de aquisição e instalação das placas. Empresas poderão adquirir cotas para o patrocínio das placas. O valor estimado para o projeto é de R$ 475,7 mil. O projeto está sendo encaminhado para a Câmara de Vereadores de Estrela.

Paradas inteligentes – O município criou um projeto de Paradas de Ônibus Inteligentes, que serão instaladas nos pontos de ônibus com maior fluxo de passageiros. A estação será coberta, climatizada com ar-condicionado, bancos para até 15 pessoas sentadas, bebedouro e pontos de acesso à energia para recarregar telefones celulares. Os primeiros pontos de ônibus que receberão as Paradas inteligentes são a Rua Bruno Schwertner (em frente a Praça Professor Henrique Roolaart); junto ao Hospital Estrela; e na Rua Coronel Müssnich, próximo à Delegacia da Polícia Civil. O setor de trânsito realiza o levantamento dos custos para concluir o projeto e encaminhar para apreciação na Câmara de Vereadores.

Lixeiras públicas – Seguindo os padrões universais de cores, o município instalará lixeiras para coleta e separação de resíduos na área central do município. Haverá também um modelo especial para a coleta em bairros, assim como a instalação nas áreas de lazer de Estrela. Em algumas áreas residenciais, serão instalados contêineres fechados, nos quais o próprio caminhão que faz a coleta movimenta a estrutura para a coleta do lixo. Haverá também a instalação de ecopontos, com lixeiras de cores diferentes, para diferentes tipos de resíduos. O foco será na educação ambiental. Os bairros Imigrantes, Indústrias e Marmitt receberão os primeiros ecopontos, onde ocorrerá também um projeto-piloto para o teste do sistema. A implementação está em fase de licitação.

Padronização das calçadas – Com o objetivo de implementar acessibilidade, será criado um novo modelo padrão de calçadas de passeio para o município de Estrela. A instalação de piso tátil, rampas de acesso e sinalização específica para deficientes serão exigências no novo modelo. A proposta será válida para novas calçadas de passeio. O projeto prevê ainda uma ação de arborização das ruas centrais. O setor de Meio Ambiente está concluindo o estudo de espécies de árvores que poderão compor a nova paisagem urbana de Estrela.

Plano de saneamento básico – Por meio da contratação da empresa Lógica Assessoria Ambiental Inteligente, o Governo de Estrela executa a criação do Plano Municipal de Saneamento Básico. Este plano, que é uma exigência legal, projetará ações e investimentos para os próximos 20 anos. Em até 180 dias o trabalho deverá ser concluído e apresentado em Audiência Pública na Câmara de Vereadores, para depois ser então votado e tornar-se, de fato, lei.

Passarela do Rio Taquari – Será criado um corredor entre a Escadaria do Rio Taquari e o Parque Municipal da Lagoa, ao descortinar uma paisagem natural ainda desconhecida da maioria dos estrelenses e visitantes. Será construída uma passarela de 375 metros de comprimento, interligando os dois pontos turísticos e criando uma nova interação com o Rio Taquari, com a instalação de píer e pontos para embarcações.

Criação de cachorródromo – O projeto prevê a instalação de um “cachorródromo”, área de lazer para animais de estimação, acompanhados de seus tutores, junto ao Parque Municipal da Lagoa. O espaço será posicionado junto a uma área não utilizada no parque, na qual serão criados brinquedos e a estrutura necessária para o lazer de animais de estimação.

Canil Municipal – Em uma área de 2,4 mil metros quadrados, na Estrada das Acácias, na localidade de Santa Rita, será construído o Canil Municipal. O local, que será automatizado, contará com área para cães, com capacidade para 130 animais; um gatil para até 15 gatos e um espaço com duas baias para cavalos. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui