Governo do RS anuncia privatização da Corsan

Atualmente, dos 497 municípios gaúchos, 317 têm os serviços operados pela Corsan


0
Foto: Corsan / Divulgação

O governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou, em live, no início da tarde desta quinta-feira, o início do processo da privatização da Corsan. A manifestação foi feita diante das mudanças do Marco Regulatório do Saneamento, aprovadas no Congresso Nacional.

Segundo o governador, o marco prevê metas para serviços de saneamento até 2033 e, o não atendimento, pode representar a quebra de contratos. Ele ponderou que a Corsan não tem condições de cumpri-los.Leite reconheceu que mudou a sua posição em relação à privatização da companhia, na comparação com as declarações de quando era candidato ao governo do Estado. Em 2018, ele disse ser contrário à privatização. Atualmente, dos 497 municípios gaúchos, 317 têm os serviços operados pela Corsan.

Os outros 180 fazem a prestação de outras maneiras, como por autarquias e empresas privadas. “A privatização (da Corsan) não representará a perda do contrato”, afirmou Leite.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui