Governo do RS define seis regiões com bandeira vermelha e 14 em laranja

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 18h.


0
Foto: Governo do RS / Divulgação

Após divulgar que 12 regiões foram preliminarmente classificadas com risco alto para o contágio por coronavírus, o governador Eduardo Leite definiu que seis ficarão com a bandeira vermelha dentro do mapa final da 13ª rodada do Distanciamento Controlado. São elas: Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Taquara, Passo Fundo e Lajeado. A última região era a única que estava com a bandeira laranja na rodada anterior. Segundo o governador, essas seis regiões representam quase a metade da população do estado. Já as regiões de Capão da Canoa, Palmeiras das Missões e Caxias do Sul tiveram diminuição de risco do novo coronavírus na última semana. Agora as áreas saem da bandeira vermelha e passam para a laranja nesta nova rodada. As regiões de Santo Ângelo, Santa Rosa, Palmeiras das Missões, Pelotas, Bagé e Caxias do Sul retornam à bandeira laranja após terem seus pedidos de reconsiderações acolhidos pelo Gabinete de Crise. No total, 14 regiões estão com a bandeira laranja. Os municípios Tapera, Cristal e Ivoti também apresentaram pleitos que foram deferidos.


OUÇA O PROGRAMA 


Vale do Taquari não consegue reversão e terá semana na bandeira vermelha

O comércio da maioria das cidades do Vale do Taquari estará fechado na semana que antecede Dia dos Pais. A medida é consequência da apresentação do mapa definitivo do Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul, apresentado pelo Governo Estadual no fim da tarde desta segunda-feira (3). São permitidos apenas os serviços de tele-entrega, pegue e leve e drive-thru. As restrições valem desta terça-feira (04) até a próxima segunda (10). Na próxima sexta ocorre a divulgação do mapa preliminar do Modelo de Distanciamento controlado do RS para a outra semana. Como o governo não acatou o recurso encaminhado pela Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), a região de Lajeado irá para a sua segunda semana na bandeira vermelha, desde o início do Distanciamento Controlado. A bandeira vermelha havia sido apresentada para a região no mapa preliminar na última sexta-feira (31). Agora, a Amvat deverá entrar com alguma ação judicial contra o Estado, pois entende que há um exagero nesta determinação, especialmente em relação ao fechamento do comércio. Uma assembleia extraordinária foi convocada para as 18h30.

Dois óbitos e cinco casos de Covid-19 são atribuídos ao Vale do Taquari nesta segunda-feira

Boletim atualizado na tarde desta segunda-feira (3), pela Secretaria Estadual da Saúde, informa mais cinco casos de Covid-19 para o Vale do Taquari, além de duas mortes. Com isso, a região chega a 4.650 testes positivos para a doença, sendo que 87,9% é de pessoas recuperadas. A letalidade está em 1,4% no Vale. Os óbitos ocorreram com moradores da região alta do Vale do Taquari, na manhã desta segunda-feira. Ambos no Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado. O primeiro deles com um idoso, morador de Muçum, de 76 anos. Foi o primeiro óbito pelo novo coronavírus no município. O outro envolve morador de Encantado, um idoso de 86 anos, que tinha doenças associadas. Foi a sexta morte pela doença em Encantado. O Vale do Taquari tem 65 falecimentos reconhecidos pelo Estado. Resta o reconhecimento de dois: com um idoso de Roca Sales e uma idosa de Teutônia.
Tiveram novos casos informados nesta segunda-feira os municípios de Marques de Souza (dois), Encantado (um) Lajeado (um) e Teutônia (um). Bom Retiro do Sul teve um caso excluído por duplicidade. No Rio Grande do Sul foram 22 exclusões por este motivo no dia, sendo um deles no Vale do Taquari. NR

Região de Lajeado repete menor percentual de distanciamento no RS

Pela segunda semana consecutiva, a região de Lajeado, no programa de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul, teve o pior índice de aglomeração no estado. Monitoramento de aplicativos em celulares mostrou que a população que evitou aglomerações na regional ficou em 37%. Na semana anterior foi de 36,9%. Os dados foram divulgados pelo governo gaúcho nesta segunda-feira (3). Em nível geral, o estado teve melhora nos indicadores de uma semana para outra. Teve uma pequena reação anteriormente e agora apareceu entre as três primeiras posições no Brasil. No monitoramento do período de sete dias encerrado no domingo (1º) o índice da população que evitou aglomerações ficou em 42,1%. Na semana anterior, o percentual estava em 41,4%, quando figurou na 10ª colocação nacional. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda distanciamento mínimo de 50%. Gov RS/NR

Em ofício ao Governo do Estado, CIC-VT pede flexibilização total da atividade econômica

Nesta segunda-feira (3), a Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC-VT) enviou ofício ao Governo do Estado solicitando a “mudança urgente do funcionamento do programa de Distanciamento Controlado”, criado para diminuir a velocidade de transmissão do novo coronavírus. A entidade pede a flexibilização máxima da atividade econômica.Entre os argumentos listados, a entidade empresarial destaca que gradativamente o regramento de controle da expansão da Covid-19 foi focando na suspensão das atividades econômicas – exceto as essenciais – como sendo o grande mecanismo para tal. Um equívoco que não foi revisto, apesar de inúmeros argumentos irrefutáveis levantados por municípios, entidades representativas, políticos e a população em geral. A CIC-VT também afirma que a reversão crescente da cor das bandeiras decorrente de recursos é sinal de que o programa, na sua configuração atual, está deteriorado. LF

Novo Plano Diretor de Lajeado deve ser votado nesta terça-feira

Conforme definição do presidente da Câmara de Vereadores de Lajeado, Lorival Silveira (PP), o projeto do novo Plano Diretor do município deve ser votado na sessão desta terça-feira (4). A sessão terá início às 17h e poderá ser acompanhada de forma online por meio da página do Legislativo no Facebook. O projeto, que foi iniciado pela Prefeitura de Lajeado em 2017, foi entregue oficialmente à Câmara em abril de 2019. Desde então tramita nas comissões internas da casa, sendo que recebeu pelo menos 25 emendas. AI/NR

Com máscaras e distanciamento entre cadeiras, instituições privadas retomam aulas presenciais no Maranhão

Instituições de ensino na rede privada iniciaram nesta segunda-feira (3) a volta às aulas presenciais no Maranhão. Em São Luís, com poucas exceções, a maioria das escolas optou por começar a volta pelos alunos do terceiro ano do ensino médio. Nos outros níveis de ensino, o retorno deve ser realizado na próxima semana. O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado do Maranhão (Sinpe-MA), afirma que a retomada vai seguir os protocolos sanitários da Secretaria de Estado da Saúde (SES), como consta no decreto do governo do Maranhão, publicado em 30 de junho, e que dispõe sobre o retorno das aulas presenciais no estado. Fonte: G1

Mesmo com bandeira vermelha, 16 municípios da região poderão abrir comércio

Mesmo com a região de Lajeado, composta por 37 municípios – a maioria do Vale do Taquari – na bandeira vermelha, 16 municípios poderão seguir com as restrições da bandeira laranja e, portanto, com o comércio aberto. A permissão é possível pois estas cidades não tiveram óbitos e internações pelo novo coronavírus nos últimos 14 dias. O método foi implementado pelo Estado há duas semanas e segue em vigor, atingindo, desta vez, os seguintes municípios: Boqueirão do Leão, Canudos do Vale, Capitão, Colinas, Coqueiro Baixo, Dois Lajeados, Doutor Ricardo, Encantado, Ilópolis, Nova Bréscia, Putinga, Santa Clara do Sul, São Valentim do Sul, Sério, Travesseiro e Westfália. Eles representam 43,2% do total.

Federação Paulista diz que Corinthians e Palmeiras farão novos testes para Covid-19

A Federação Paulista de Futebol informou nesta segunda-feira que Corinthians e Palmeiras, em comum acordo, farão novos testes de Covid-19 antes do segundo jogo da final do Paulistão, sábado, às 16h30, na arena palmeirense. Não haverá realização de exames no Corinthians antes da primeira partida da decisão – nesta quarta-feira, em Itaquera. O Palmeiras precisará passar por testes. O acordo ocorre depois de algumas horas de polêmica. Pela manhã, o presidente do Corinthians, Andrés Sachez, disse em reunião na Federação que não testaria seus atletas novamente, sob o argumento de que os mantêm em confinamento. Pela manhã, o presidente do Corinthians, Andrés Sachez, disse em reunião na Federação que não testaria seus atletas novamente, sob o argumento de que os mantêm em confinamento. Fonte: GE

Produção e apresentação: Ricardo Sander
Próxima edição: amanhã, às 8h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui