Governo do RS quer destravar investimento de termelétrica em Rio Grande

Se confirmado, o projeto desenvolvido pelo grupo espanhol Cobra deve resultar em um investimento superior a R$ 6 bilhões


0
Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Destravar o investimento de uma termelétrica a gás natural, localizada no Porto de Rio Grande, na região Sul do Rio Grande do Sul, esteve no centro das discussões da primeira reunião do segundo dia da missão internacional do governo do Estado em Madrid, na Espanha, nesta terça-feira. Se confirmado, o projeto desenvolvido pelo grupo espanhol Cobra deve resultar em um investimento superior a R$ 6 bilhões, além de auxiliar na matriz energética do Estado.

O projeto em questão teve início em 2009, porém, está paralisado desde 2015, em função de uma questão judicial, o que afastou os investidores. Desde 2018, a iniciativa foi adquirida pelo grupo espanhol, que tem experiência na área. Segundo o governador Eduardo Leite (PSDB), o Executivo está auxiliando o grupo para destravar o projeto.

O próximo passo é a realização de uma audiência pública, que de acordo com Leite, deverá ocorrer nas próximas semanas. Após, há um período de 45 dias para contestação, sai a licença do Estado (Fepam). Com essa autorização, a empresa buscará a autorização do projeto junto à Aneel. Confirmando, a partir disso haverá o início da concretização do projeto. A estimativa atual é de que fique pronto em 2024.

Fonte: Governo RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui