Governo federal anuncia mais de R$ 2,3 bilhões para educação no Rio Grande do Sul, além de outros investimentos

Recursos serão destinados pelo Ministério da Educação (MEC) através do Novo Programa de Aceleração do Crescimento


0
Unidade do IFRS de Porto Alegre é uma das beneficiadas (Foto: IFRS/Divulgação)

O governo federal anunciou, nesta sexta-feira (15), investimento de R$ 2,3 bilhões na educação no Rio Grande do Sul. Os recursos serão destinados pelo Ministério da Educação (MEC) através do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visita o estado nesta sexta. Segundo o governo federal, os recursos serão destinados para a educação básica, superior e profissional. Entenda abaixo como os recursos serão destinados:

Novo Pac

Na primeira fase de propostas, serão 151 obras e equipamentos na educação básica, sendo 97 ônibus escolares, 42 creches e escolas de educação infantil e 12 escolas em tempo integral. Além da educação básica, o Novo PAC prevê recursos para a educação profissional e tecnológica e educação superior, de R$ 918,7 milhões.

Pé-de-meia

No programa Pé-de-meia, que destina uma poupança aos estudantes de ensino médio, serão investidos R$ 159,5 milhões, que devem beneficiar 55 mil estudantes gaúchos.

Institutos federais

Anunciado nesta semana, os Institutos Federais serão ampliados em cinco novos campi com investimento de R$ 150 milhões. Os novos campi devem gerar 7 mil vagas e serão construídos em municípios que não possuem IFs ou que têm baixa cobertura de educação profissional. São eles: Porto Alegre; Caçapava do Sul; São Luiz Gonzaga; São Leopoldo; e Gramado.

Outros investimentos

O governo ainda repassará R$ 1,43 bilhão no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que atende 1,9 milhões de alunos, em 7.887 escolas do estado. Já o Programa Nacional de Transporte Escolar (PNATE) e o Caminho da Escola beneficiam 191 mil estudantes gaúchos, com 31 ônibus escolares que já foram entregues. Além desses, o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) já distribuiu 5,5 milhões de livros no estado.

O Rio Grande do Sul e quase a sua totalidade de municípios também aderiram ao Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, à Estratégia Nacional Escolas Conectadas e ao programa Escola em Tempo Integral, totalizando um investimento do MEC da ordem de R$ 884,4 milhões.

E, por fim, no Desenrola Fies, 7,9 mil contratos no estado foram renegociados, o equivalente a um total de R$ 458 milhões, que serão devolvidos aos cofres públicos. Ao todo, 38 mil estudantes gaúchos estão aptos a renegociar suas dívidas, com descontos que chegam a R$ 362 milhões.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui