Governo Federal lança novas ações no Programa Renda e Oportunidade

Correspondente Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia


0
Foto: Agência Brasil

O governo federal lançou nesta sexta-feira, 25, novas medidas no âmbito do Programa Renda e Oportunidade, capitaneado pelo Ministério do Trabalho e Previdência, em evento no Palácio do Planalto. De acordo com a Secretaria de Comunicação da Presidência, as duas Medidas Provisórias com assinaturas que serão realizadas nesta sexta visam regulamentar novas formas de trabalho, fomentar a proteção previdenciária e proteger trabalhadores e famílias em situações de calamidade pública. A primeira medida provisória a ser assinada nesta sexta-feira, de acordo com a Secom, visa modernizar o trabalho remoto e o auxílio-alimentação. Entre as inovações, segundo o governo, está a possibilidade de adoção do modelo híbrido e a contratação com controle de jornada ou por produção. Essa MP também define regras ao teletrabalhador que resida em localidade diversa da localidade em que foi contratado.

INSS começa a pagar aposentadorias e pensões referentes a março

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) dá início, nesta sexta-feira (25), aos pagamentos dos benefícios para aposentados e pensionistas referentes ao mês de março. O calendário leva em conta o número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço. Nesta sexta-feira (25), recebem o benefício aposentados e pensionistas que recebem até 1 salário mínimo com Número de Identificação Social (NIS) final 1.

PT aciona TSE contra Bolsonaro e ministro da Educação por suposto favorecimento a pastores

O PT acionou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para investigar a conduta do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Educação, Milton Ribeiro, pelo suposto favorecimento a pastores na distribuição de verbas públicas. Para o partido, as supostas irregularidades configuram abuso de poder político e econômico, que pode levar à inelegibilidade. A representação, assinada também pelo deputado Reginaldo Lopes e apresentada nesta quinta-feira (24), pode abrir uma nova frente de apuração, dessa vez sobre as repercussões eleitorais, após a divulgação de um áudio, pelo jornal “Folha de S.Paulo”, no qual o ministro afirma que repassa verbas para municípios indicados por dois pastores a pedido de Bolsonaro.

Brasileiro passa fome e dorme na rua para fugir da guerra na Ucrânia: ‘Passei frio de -4 graus’

Um brasileiro relatou ter passado fome e dormido na rua, em um frio de – 4º, para tentar fugir da guerra na Ucrânia. Ele chegou à Bahia na quarta-feira (23) e reencontrou à família, após passar por Moldávia, Romênia e Sérvia. Alain Santos Cidreira é consultor financeiro internacional. Ele morava na Ucrânia há quatro anos, por causa do emprego. Na fuga, Alain deixou para trás o imóvel em que vivia, o carro, o emprego e até o cachorrinho Sammy. Ele percorreu mais de 1200 km, de carro até a fronteira. Com a ajuda de um atravessador chegou à Moldávia. Alain chegou a Salvador depois de mais de 30 horas de viagem e escalas no Catar e em São Paulo. No aeroporto, ele recebeu o carinho da família. g

Guerra na Ucrânia deve desacelerar crescimento global, diz secretária do Tesouro dos EUA

A crise entre Rússia e Ucrânia está elevando os preços de commodities e deve reduzir as perspectivas de crescimento global no próximo ano, alertou nesta sexta-feira (25) a secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen. A Ucrânia é um importante fornecedor de trigo e milho, e os preços vêm saltando desde que a Rússia invadiu o país vizinho no mês passado. “Estamos vendo pressão sobre os preços das commodities por causa da situação entre Rússia e Ucrânia”, disse Yellen. Ela também disse que os preços da gasolina podem subir mais e que os Estados Unidos estão trabalhando com aliados para tentar aliviar o impacto sobre os consumidores. G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui