Governo federal libera R$ 6,5 milhões para acolher imigrantes e refugiados

Recursos assistenciais serão disponibilizados para 16 municípios que viram o fluxo migratório aumentar com a pandemia


0
Foto: José Cruz / Agência Brasil

O Ministério da Cidadania liberou R$ 6,552 milhões para serem repassados emergencialmente a 16 municípios para o acolhimento de imigrantes e refugiados em meio à pandemia do coronavírus. As verbas devem ser destinadas para a “execução de ações socioassistenciais nos municípios que recebem contingente de imigrantes e refugiados oriundos de fluxo migratório” provocado pela pandemia do coronavírus.

Os recursos liberados após publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira (12) terão como origem as cidades de Venâncio Aires (RS), São José de Ribamar (MA), Itaituba (PA), Nonoai (RS), Santana (AP), Santarém (PA), Teresina (PI), Palmas (TO), Chapecó (SC), São Luís (MA), Itabuna (BA), Garanhuns (PE), Montes Claros (MG), Maringá (PR), Xaxim (SC) e Belo Horizonte (MG). “A eventual prorrogação do cofinanciamento federal deverá ser solicitada mediante comprovação da necessidade por meio de plano de trabalho”, aponta o texto assinado pelo ministro da Cidadania, João Roma.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui