Governo gaúcho anuncia liberação de eventos corporativos e feiras comerciais

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: Marcos Nagelstein/Folhapres

Com a estabilização e redução de alguns dados envolvendo o coronavírus no Rio Grande do Sul e depois de amplo diálogo com representantes setoriais, o governador Eduardo Leite anunciou, na transmissão virtual para atualização do enfrentamento à pandemia desta quinta-feira (17/9), a liberação, com restrições, de eventos corporativos. Os protocolos deverão ser publicados em decreto entre segunda (21) e terça-feira (22).

MPRS faz recomendação ao Município de Porto Alegre acerca do retorno às aulas presenciais na cidade

O Ministério Público do Rio Grande do Sul, por meio da Promotoria de Justiça Regional de Educação de Porto Alegre (Preduc-POA) recomendou nesta quinta-feira, 17 de setembro, ao prefeito e aos secretários Municipais de Educação e da Saúde de Porto Alegre que se abstenham de autorizar o retorno das atividades presenciais nas escolas públicas e privadas em desconformidade com os termos dos decretos estaduais e portarias relacionados ao sistema de distanciamento controlado para prevenção do contágio da Covid-19. A medida, de caráter preventivo, visa à proteção integral das crianças e dos adolescentes e a evitar eventuais demandas judiciais de responsabilização. A Recomendação se refere às atividades presenciais de ensino, de apoio pedagógico ou de cuidados a crianças e adolescentes nas instituições de ensino públicas (municipais, estaduais e federais) e privadas da Capital.

Preço do algodão sobe no campo, mas indústria descarta alta expressiva ao consumidor e desabastecimento

Acompanhando a alta de diversos produtos do campo, em especial os alimentos, o algodão se valorizou no campo nos últimos meses. A pluma, que é um dos principais itens da indústria de roupas, chegou a valorizar cerca de 20% no fim de agosto. Isso gera preocupações de que, além da alimentação, as roupas fiquem mais caras. Em São Paulo, varejistas projetam que, com a baixa procura e a subida nos preços do algodão, as vestimentas se valorizem. Porém, segundo a indústria têxtil, essa alta não deverá chegar forte ao consumidor. Isso porque o impacto da valorização do algodão acabou sendo absorvido pela atividade, diz Fernando Pimentel, presidente da associação do setor (Abit). Além disso, a indústria acredita que o aumento é passageiro. O motivo é que, como o setor parou durante a pandemia, a retomada é demorada, com muitas empresas querendo comprar algodão ao mesmo tempo, o que também valoriza o produto.

Capitais têm mais de 300 candidatos a prefeito aprovados em convenções; nº de registrados pode ser o maior em 20 anos

As 26 capitais do país têm, ao todo, 311 candidatos às prefeituras aprovados em convenções para a disputa das eleições deste ano. O número de candidatos ainda pode mudar, já que a Justiça Eleitoral precisa aprovar o registro das candidaturas e pode haver desistências, como ocorrem todos os anos. Uma desistência já foi registrada nesta quinta (17), em Palmas (TO), por exemplo. Ainda assim, é possível prever que 2020 deverá ser o ano com o maior número de candidatos registrados nas capitais dos últimos 20 anos pelo menos. Isso porque, no ano com o maior número de candidatos (2016), houve 209 postulantes ao cargo no Executivo nas capitais – dado bem inferior. É o que aponta um levantamento do G1 feito com base nas candidaturas confirmadas nas convenções partidárias de todas as capitais e nos dados do TSE.

Deputados de SC decidem continuar o processo de impeachment do governador e da vice

Os deputados estaduais de Santa Catarina votaram pelo prosseguimento do processo de impeachment contra o governador do estado, Carlos Moisés da Silva (PSL). A votação ocorreu em reunião extraordinária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) na noite desta quinta-feira (17). Foram 33 votos a favor do prosseguimento, seis contra e uma abstenção. Apesar do resultado, o governador não foi afastado, pois ainda há outros passos no processo, como a comissão mista julgadora. A solicitação de afastamento dele e da vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido), foi oficializada em julho e aponta suspeita de crime de responsabilidade em aumento salarial dado aos procuradores do estado em 2019. As defesas do governador e da vice negam que tenha havido crime de responsabilidade fiscal.

Três novos óbitos por coronavírus são contabilizados para Lajeado, segundo a prefeitura

Três novos óbitos por coronavírus foram contabilizados para Lajeado, segundo a prefeitura. O primeiro caso se trata do óbito de um homem de 73 anos que faleceu na quarta-feira (16). Esse caso foi reconhecido pelo Estado nesta quinta-feira (17). O paciente estava internado no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, desde o dia 30 de agosto, mesmo dia em que foi diagnosticado com coronavírus por meio do teste PCR-RT. Os outros dois óbitos eram casos antigos que estavam em avaliação pela Vigilância Epidemiológica Estadual e foram confirmados nesta quinta-feira, a partir do critério de exame de imagem. Ou seja, eram casos em que o PCR deu negativo mas o exame de imagem (tomografia) indicou compatibilidade com a Covid-19. Um dos casos é o de um homem de 48 anos que foi internado no Hospital Bruno Born no dia 25 de abril e faleceu no dia 29 do mesmo mês, e o outro caso é de um homem de 61 anos que foi internado também no HBB no dia 12 de junho e faleceu no dia 20 de junho. O critério de exame de imagem foi incluído recentemente pelo Ministério da Saúde como um dos critérios de confirmação diagnóstica para coronavírus. Com estes três casos, o número de óbitos relacionados ao coronavírus registrados no município chega a 41. AI / GH

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui