Governo gaúcho quita o 13º salário dos servidores estaduais

O pagamento em dia do 13º não ocorria no Estado desde 2015


0
Foto: Governo do RS / Divulgação

O governo do Rio Grande do Sul depositou nesta segunda-feira (20) a segunda parcela do 13º salário deste ano dos servidores do Executivo, estimada em R$ 700 milhões. A primeira parcela já havia sido quitada de forma antecipada no dia 29 de novembro.

Segundo o Palácio Piratini, o pagamento foi viabilizado por uma série de reformas, contenção de gastos, modernização de receitas e uma gestão de fluxo de caixa que já haviam possibilitado o pagamento em dia da folha de cada mês desde novembro de 2020 e a quitação de três parcelas que ainda estavam pendentes do 13º do ano passado.

O pagamento em dia do 13º não ocorria no Estado desde 2015 e possibilita economia significativa em 2022, de cerca de R$ 140 milhões que seriam necessários para as indenizações pelo atraso. Conforme o subsecretário do Tesouro do Estado, Bruno Jatene, além de equacionar dívidas de exercícios anteriores e colocar em dia despesas correntes, como a folha e os fornecedores, o Estado busca equacionar outros passivos que têm repercussão para os próximos anos.

“Os preparativos para a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal e os reajustes para atender aos novos valores do piso nacional do magistério são medidas que ajudarão a evitar o crescimento de passivos, como já ocorre no caso dos precatórios”, afirmou.

Fonte: Governo do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui