Governo regulamenta reembolso de transporte usado pelo presidente no período eleitoral

Portaria estabelece que partido deve ressarcir União quando chefe do Executivo estiver em campanha


0
Foto: Divulgação

A Secretaria de Controle Interno da Presidência da República emitiu uma portaria determinando como o partido do chefe do Executivo deve ressarcir a União quando ele estiver em campanha eleitoral durante o exercício do mandato. As definições e regras foram publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira (28). O documento lista “os fluxos, as rotinas, os procedimentos e as responsabilidades relativos aos ressarcimentos das despesas com o uso de transporte oficial” pelo presidente e sua comitiva durante deslocamentos para eventos ou campanhas eleitorais. A portaria informa sobre o que são considerados campanha eleitoral, partido político, coligação partidária, comitiva, grupo de segurança e atendimento pessoal, evento eleitoral e oficial, mapa de acompanhamento de dispêndios, período de campanha eleitoral, transporte oficial e viagem presidencial. Fonte: Correio do Povo

Guedes diz que Brasil vai entrar em ciclo de crescimento de 3% ao ano

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira que o país pode entrar em um ciclo de crescimento de 3% ao ano pelos próximos dez anos. “O Brasil está no inicio de um longo ciclo de crescimento, se tivermos a capacidade de manter o caminho da prosperidade. (São) 98,8 milhões de brasileiros trabalhando, com guerra e pandemia, o Brasil reagiu fulminantemente à crise”, afirmou em apresentação no Painel Telebrasil 2022. Segundo o ministro, com a guerra na Ucrânia, o governo está adotando a mesma estratégia usada na pandemia, com medidas em camadas. Primeiro vieram os cortes de tributos. Agora, com maiores efeitos do conflito, serão liberados os repasses diretos à população. Guedes diz que o governo está repassando esses ganhos à população “dentro da filosofia liberal”. Fonte: Correio do Povo

Sisu do 2º semestre: inscrições começam nesta terça

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2022 começam nesta terça-feira (28) e vão até 23h59 de sexta-feira, 1º de julho. Os interessados devem se inscrever pela página do programa. O Sisu usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 para selecionar alunos que estudarão em instituições de ensino públicas. Para participar, o candidato deve ter tirado nota superior a zero na redação e não pode ter participado do Enem na condição de treineiro. Fonte: G1

Comissão aprova convite para ministro da Justiça explicar se houve interferência de autoridades em investigações sobre o MEC

A comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara aprovou nesta terça-feira (28) um convite ao ministro da Justiça, Anderson Torres, para que ele dê explicações sobre suposta interferência de autoridades do governo na operação da Polícia Federal que investiga denúncias no Ministério da Educação. A operação mira irregularidades durante a gestão d ex-ministro Milton Ribeiro. Na quarta-feira (22), ele e outras quatro pessoas foram presas. A investigação apura os crimes de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência em um esquema que envolve a liberação de verbas do MEC. Fonte: G1

Sobe para 50 número de migrantes mortos dentro de caminhão no Texas, diz presidente do México

Subiu para 50 o número de migrantes mortos dentro de um caminhão na cidade de San Antonio, no Texas, perto da fronteira entre o México e os Estados Unidos, anunciou nesta terça-feira (28) o presidente mexicano, Manoel López Obrador. Obrador acompanha as investigações no local sobre o caso, um dos mais mortais na conturbada fronteira entre os dois países que se tem conhecimento. O presidente mexicano anunciou ainda que falará sobre o tema com o líder dos Estados Unidos, Joe Biden. Os dois têm um encontro bilateral marcado para 12 de julho com o objetivo de debater soluções para a questão migratória entre os dois países. Segundo o Ministério de Relações Exteriores do México, 22 dos 50 mortos eram mexicanos. Entre as vítimas, há também sete guatemaltecos e dois hondurenhos. A polícia ainda realiza o trabalho de identificação das vítimas. Fonte: G1

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui